26 JAN 2021 | ATUALIZADO 19:38
SAÚDE
COM INFORMAÇÕES DO G1
14/01/2021 12:16
Atualizado
14/01/2021 12:16

Ministro da Saúde anuncia vacinação para 20 de janeiro, segundo prefeitos

A+   A-  
A informação foi confirmada por prefeitos que se reuniram com Eduardo Pazuello, nesta quinta-feira (14). De acordo com o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), “na próxima segunda chegam as 2 milhões de doses da Astrazeneca para estados. Há também as 6 milhões da Coronavac. Anvisa liberando domingo, distribuem na terça para iniciar na quarta, dia 20. Ou seja: 8 milhões de doses para janeiro", escreveu ele em uma rede social. O Ministério da Saúde não confirmou a data oficialmente.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Após uma reunião com o Ministério da Saúde nesta quinta-feira (14), prefeitos disseram que, de acordo com o ministro Eduardo Pazuello, a vacinação contra a Covid-19 começará em todo o país na quarta-feira (20) da semana que vem. As mensagens dos prefeitos foram postadas em redes sociais.

"De acordo com @ministropazuelo, próxima segunda chegam as 2 milhões de doses da Astrazeneca para estados. Há também as 6 milhões da Coronavac. Anvisa liberando domingo, distribuem na terça para iniciar na quarta, dia 20. Ou seja: 8 milhões de doses para janeiro", escreveu o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), em uma rede social.

As prefeituras de Campinas, de Cuiabá e de Maringá também saíram da reunião informando que o governo marcou a data do dia 20.

Pazuello recebeu mais de 130 prefeitos. A maioria participou virtualmente.

DOSES

A Frente Nacional dos Prefeitos disse ainda que, na reunião, Pazuello apresentou a seguinte previsão de quantas doses de vacina o país terá nos próximos meses:

Janeiro: 8 milhões

Fevereiro: 30 milhões

Abril: 80 milhões

EQUIPAMENTO

O presidente da frente, Jonas Donizete, ex-prefeito de Campinas, disse que a maioria das cidades tem quantidade suficiente de agulhas e seringas para iniciar a vacinação.

"A gente vai passar para o ministro uma ideia de como estão as cidades. E para isso eu fiz uma conversa antes com os prefeitos. A notícia boa para a população é que a maioria das cidades está preparada para a vacinação, com seringas, agulhas”, afirmou.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário