13 ABR 2021 | ATUALIZADO 18:12
MOSSORÓ
02/03/2021 08:20
Atualizado
02/03/2021 08:20

Isolda solicita liberação de emendas para combater a pandemia, em Mossoró

A+   A-  
Isolda conversou nesta segunda-feira com o prefeito Allyson Bezerra para se colocar à disposição para contribuir no combate à pandemia e cobrar medidas mais rígidas para a garantia do isolamento social. Na conversa, o prefeito solicitou ajuda dela para a liberação das emendas e foi atendido imediatamente.
Imagem 1 -
FOTO: CEDIDA

A deputada estadual Isolda Dantas (PT) solicitou à governadora Fátima Bezerra na tarde desta segunda-feira (1º) a liberação de parte de R$ 2,3 milhões de emendas parlamentares para o Município de Mossoró.

O pedido foi feito para auxiliar no enfrentamento da pandemia da Covid-19, que voltou a se agravar na cidade. Todos os leitos de UTI de Mossoró estavam ocupados na noite desta segunda-feira.

Isolda também conversou nesta segunda-feira com o prefeito Allyson Bezerra para se colocar à disposição para contribuir no combate à pandemia e cobrar medidas mais rígidas para a garantia do isolamento social.

Na conversa, o prefeito solicitou ajuda dela para a liberação das emendas e foi atendido imediatamente.

"Quero deixar nítido que é hora de unir esforços de todos os Poderes e autoridades para salvar vidas. O momento que vivemos é muito delicado e exige responsabilidade de todos nós", afirmou a deputada.

As emendas que devem ser liberadas para Mossoró estão previstas no Orçamento do Estado deste ano, aprovado no fim do ano passado na Assembleia Legislativa.

Uma parte dos R$ 2,3 milhões já foram repassados ao Município. A solicitação da deputada é para a liberação do restante.

A preocupação da parlamentar aumentou após o crescimento das internações por Covid-19 na região Oeste, e, em especial, Mossoró.

As internações nas UTIs da região dispararam a partir da primeira semana de fevereiro e chegaram a 91,7% de ocupação nesta segunda-feira, de acordo com os dados do Regula RN.

Ao todo, 78 pessoas estão internadas em estado grave na região Oeste. Em todo Rio Grande do Norte, são 266 internados em leitos de UTI e semi-intensivos. Trata-se do maior número de internações desde o início da pandemia, em março de 2020.

O Governo do Estado garantiu a abertura de mais 10 leitos de UTI no Hospital São Luís, em Mossoró, nos próximos dias e planeja mais leitos no Hospital Rafael Fernandes.

Entretanto, a deputada destacou que a abertura de leitos precisa ser acompanhada do isolamento social para diminuir o contágio do coronavírus.

"A gente sabe que se o contágio não for interrompido as internações vão continuar crescendo e a ocupação dos leitos continuará alta, independente de quantos sejam abertos", disse.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró, 295 pessoas morreram em decorrência da Covid-19 na cidade desde o início da pandemia, há um ano. Em todo Rio Grande do Norte, 3.562 vidas foram perdidas.


Notas

Posto JP Fevereiro de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário