23 JUN 2021 | ATUALIZADO 18:15
Matéria
16/05/2021 14:53
Atualizado
16/05/2021 18:14

Ex-presidiário é executado dentro de ambulância em Areia Branca/RN

A+   A-  
Vítima conhecida por Dudé havia sido baleada pouco antes no bairro do Samobam e levado para o hospital local, de onde estava sendo transferido na ambulância do município para o Hospital Regional Tarcísio Maia, quando um homem numa bicicleta se aproximou e atirou em Dudé pela janela do veículo
Imagem 1 -  Vítima conhecida por Dudé havia sido baleada pouco antes no bairro do Samobam e levado para o hospital local, de onde estava sendo transferido na ambulância do município para o Hospital Regional Tarcísio Maia, quando um homem numa bicicleta se aproximou e atirou em Dudé pela janela do veículo
Vítima conhecida por Dudé havia sido baleada pouco antes no bairro do Samobam e levado para o hospital local, de onde estava sendo transferido na ambulância do município para o Hospital Regional Tarcísio Maia, quando um homem numa bicicleta se aproximou e atirou em Dudé pela janela do veículo

Os socorristas da Prefeitura de Areia Branca passaram por um grande desespero na manhã deste domingo, dia 16 de maio, quando tentava socorrer o paciente Antônio José Juvita de Medeiros, conhecido por Dudé, de 40 anos, na cidade de Areia Branca-RN.

A ambulância estava parada quando um homem se aproximou numa bicicleta e atirou na cabeça de Dudé pela janela do veículo. As informações repassadas pela Polícia Militar de Areia Branca apontam que Dudé havia sido baleado anteriormente no bairro Samobam, pelos mesmos bandidos.

Teria sido levado para o Hospital Municipal Sarah Kubitschek, de onde foi regulado para ser transferido para receber os cuidados médicos devido no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, tendo sido executado antes de sair do território do município.

O capitão PM Júlio César, comandante da Companhia de Polícia de Areia Branca, não foi solicitado para fazer a escolta da ambulância transportando o paciente baleado de Areia Branca para Mossoró. Também pouco se sabe sobre os bandidos.

O corpo de Dudé, que é ex-presidiário, foi removido para exames na sede do Instituto Técnico-científico de Perícia, coordenação Mossoró. O caso deve ser investigado pela Delegacia Cristiane Magalhães, da Delegacia de Polícia Civil local.


Notas

Posto JP - Maio de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário