11 AGO 2022 | ATUALIZADO 17:30
EDUCAÇÃO
14/01/2022 18:16
Atualizado
14/01/2022 18:19

Carreira: setor de energia tem oportunidades para profissionais especializados

A+   A-  
De olho nessa demanda de vagas previstas até 2026, o Ministério de Minas e Energia publicou o estudo “Profissões do Futuro na Área de Energia e Implicações para a Formação Profissional”. De acordo com o órgão, o objetivo da publicação é “sistematizar a pesquisa da demanda por formação profissional do setor produtivo e da oferta de qualificação por instituições de ensino, realizando uma análise de matchmaking com foco em ocupações futuras prioritárias na área de energia”. Levantamento aponta 10 áreas com potencial ofertas de trabalho.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

A criação de 200 mil novas vagas de trabalho, aproximadamente, até 2026, para o setor de energia, esbarra na necessidade de encontrar profissionais especializados para a área, estima a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI).

De olho nessa demanda, o Ministério de Minas e Energia publicou o estudo “Profissões do Futuro na Área de Energia e Implicações para a Formação Profissional”.

De acordo com o órgão, o objetivo da publicação é “sistematizar a pesquisa da demanda por formação profissional do setor produtivo e da oferta de qualificação por instituições de ensino, realizando uma análise de matchmaking com foco em ocupações futuras prioritárias na área de energia”.

A análise foi realizada baseada em quatro frentes:

geração de energias renováveis, redes inteligentes de transmissão e distribuição, mobilidade elétrica, eficiência energética e resposta da demanda.

"A demanda por modernização do setor requer, além de investimentos, mão de obra especializada, com foco em eficiência energética e fontes renováveis. A recente crise hídrica só confirma essa necessidade", explica o coordenador dos cursos de Engenharia da Faculdade Anhanguera, Jads Victor Paiva dos Santos.

Segundo o levantamento, para que as transformações do setor sejam concretizadas, é necessário que também que ocorra uma estruturação na educação que forma profissionais na área.

“Para concretização das transformações energéticas é fundamental o fortalecimento das capacidades das estruturas educacionais existentes, além da inserção de novos conhecimentos e habilidades nas ofertas educacionais”, aponta o material.

Confira, abaixo, as 10 profissões do futuro e suas formações na área de energia listadas pelo estudo do Ministério de Minas e Energia.

1. Gestor de Regulação e Políticas Públicas (Engenharias, Administração e Direito)

2. Analista, Especialista e Gerente de Inteligência de Mercado (Engenharias e Economia)

3. Especialista de Gestão Energética (Engenharias e Arquitetura)

4. Gerente de Infraestrutura de Recarga e Instalação de Eletropostos (Engenharias: Civil, Elétrica e Automação; e Administração)

5. Consultor de Novos Negócios (Engenharias)

6. Engenheiro Automotivo (Engenharias: Elétrica, Mecânica, Automação e Automotiva)

7. Especialista de Operação de Redes (Engenharias: Elétrica e de Energia)

8. Analista e Gerente de Frotas (Engenharias: Transporte e Civil; e Administração)

9. Analista e Gerente de Projetos (Engenharias: Elétrica, Mecânica e Automação)

10. Desenvolvedor de Aplicações (Engenharias: Elétrica e Automação; e Computação)


Notas

UNP 27 de junho de 2022

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário