12 AGO 2022 | ATUALIZADO 15:37
SAÚDE
27/06/2022 10:23
Atualizado
27/06/2022 10:24

HRTM realiza dupla captação de órgãos para transplante neste domingo, 26

A+   A-  
As captações foram realizadas em dois dois pacientes do município de Serra do Mel, vítimas de traumatismo craniano. O trabalho foi iniciado ainda na manhã deste domingo e se estendeu até o período da tarde. Foram captados os rins dos dois pacientes e o fígado de um deles. Os órgãos foram enviados para diversas partes do país, com apoio do Governo do Estado do RN e da Força Aérea Brasileira, que fizeram o transporte.
Imagem 1 -
FOTO: CEDIDA

Neste domingo (26) foi realizada no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em Mossoró, uma dupla captação de órgãos para transplantes, em dois dois pacientes do município de Serra do Mel, vítimas de traumatismo craniano. O trabalho foi iniciado ainda na manhã deste domingo e se estendeu até o período da tarde.

As cirurgias foram realizadas pela equipe médica formada pelos cirurgiões Fernando Lisboa, Maurício Ferreira e Aline Alves, a anestesiologista Andreza Lobato e a enfermeira Maria Consuli, todos ligados a Organização a Procura de Órgãos (OPOs) e da Central Nacional de Doação de Órgãos (ABTO).

Foram captados os rins dos dois pacientes e o fígado de um deles. Os órgãos foram enviados para diversas partes do país, com apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e da Força Aérea Brasileira, que fizeram o transporte.

Nessa captação foram enviados dois rins para Natal, um rins para Porto Alegre/RS e um fígado para Belo Horizonte/MG, um trabalho de sucesso conforme comentários da equipe

médica que esteve em Mossoró, sob a coordenação do Dr. Fernando Lisboa.

Com mais essas duas captações, o Tarcísio Maia chega a 40 procedimentos deste tipo desde o retorno da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT/HRTM).

Nas captações do domingo, também estiveram presentes as enfermeiras Tathiane Palosche e Bruna Carvalho, a técnica de enfermagem Maria Suzete, na coordenação da assistente social Telma Belém e da enfermeira Susana Mendes, todas do HRTM.

O Tarcísio Maia tem sido destaque nacional neste trabalho, merecendo respeito e credibilidade. Mesmo nesse período de pandemia, o HRTM conseguiu manter as captações, seguindo todas as normas de segurança estabelecidas pelo Ministério da Saúde (MS).


Notas

UNP 27 de junho de 2022

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário