12 AGO 2022 | ATUALIZADO 15:37
POLÍTICA
27/06/2022 15:04
Atualizado
27/06/2022 15:04

Isolda entra com requerimento na ALRN para punição do deputado que atacou LGBTIs

A+   A-  
Em seu pedido à Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa, a deputada estadual diz que o discurso de Michael Diniz é incompatível com o decoro parlamentar e punível com a perda do mandato. Na semana passada, o recém empossado Michael Diniz, suplente do Solidariedade, citou a deputada Isolda para providenciar tratamento psiquiátrico às pessoas LGBTI+ e diz que despreza o movimento.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

A deputada estadual Isolda Dantas (PT) deu entrada em requerimento pedindo à Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa punição ao deputado recém empossado, Michael Diniz, suplente do Solidariedade, em virtude dos ataques proferidos contra o movimento e população LGBTI+ em plenário da Casa.

A deputada Isolda cita no requerimento que o discurso de Michael Diniz é incompatível com o decoro parlamentar e punível com a perda do mandato.

Em seu discurso, Diniz declarou repúdio ao movimento, como também citou a deputada Isolda para providenciar tratamento psiquiátrico às pessoas LGBTI+, nítida demonstração de LGBTIfobia, tendo em vista que a identidade de gênero ou orientação sexual não são consideradas doenças para receber “tratamento”.

Por meio de suas redes sociais, a deputada estadual Isolda se posicionou contra a fala intolerante e preconceituosa do parlamentar e alertou que preconceito se trata com rigor da lei. E assim está fazendo.


Notas

UNP 27 de junho de 2022

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário