24 ABR 2024 | ATUALIZADO 18:39
POLÍTICA
02/10/2022 22:40
Atualizado
02/10/2022 23:08

Fátima reeleita no RN e Lula vai ao segundo turno com o presidente Bolsonaro

A+   A-  
Rogério Marinho, com o apoio do prefeito Allyson Bezerra, levou a melhor contra Carlos Eduardo na disputada pelo Senador; Já a deputada federal Natália Bonavides se destacou com votação expressiva para deputada federal e o PM reformado Wendel Lagartixa com grande votação para a Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte. Apesar dos esforços, o prefeito de Mossoró ficou sem aliado na Câmara, Assembléia; CONFIRA lista de eleitos para Câmara Federal e Assembléia Legislativa.
Imagem 1 -  Rogério Marinho, com o apoio do prefeito Allyson Bezerra, levou a melhor contra Carlos Eduardo na disputada pelo Senador; Já a deputada federal Natália Bonavides se destacou com votação expressiva para deputada federal e o PM reformado Wendel Lagartixa com grande votação para a Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte. Apesar dos esforços, o prefeito de Mossoró ficou sem aliado na Câmara, Assembléia; CONFIRA lista de eleitos para Câmara Federal e Assembléia Legislativa.
Rogério Marinho, com o apoio do prefeito Allyson Bezerra, levou a melhor contra Carlos Eduardo na disputada pelo Senador; Já a deputada federal Natália Bonavides se destacou com votação expressiva para deputada federal e o PM reformado Wendel Lagartixa com grande votação para a Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte. Apesar dos esforços, o prefeito de Mossoró ficou sem aliado na Câmara, Assembléia; CONFIRA lista de eleitos para Câmara Federal e Assembléia Legislativa.

A Governadora Fátima Bezerra, do PT, foi reeleita no primeiro turno com mais de um milhão de votos (58,30% dos votos válidos) no Rio Grande do Norte, tendo derrotado Fábio Dantas, do Solidariedade, e Styvenson Valentin, do Podemos. Após a votação, a governadora reuniu a imprensa em Capim Macio, em Natal, e concedeu uma entrevista coletiva.

Veja lista de eleitos deputado estadual em 2022

Confira lista de eleitos para deputado federal em 2022

Já a definição para Presidente da República ficou para o segundo turno. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva conseguiu vencer o atual presidente com uma diferença de 5,5 milhões de votos, mas não foi o suficiente para vencê-lo no primeiro turno. Após encerrada a apuração dos votos, Lula concedeu entrevista e reforçou o chamado do partido para o segundo turno.


Na corrida pela vaga no Senado Federal, o ex-ministro Rogério Marinho, do PL, levou a melhor, tendo sido beneficiado diretamente com o apoio dos prefeitos de Mossoró e Natal. O ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, perdeu a disputa com uma diferença de mais de 100 mil votos. Rogério Marinho contou com o apoio forte do prefeito Allyson Bezerra, de Mossoró.

Para deputado federal, a grande sensação de votos ficou com a deputada Natália Bonavides, do PT, tendo conquistado quase 160 mil votos. Desta vez, Fernando Mineiro, do PT, conseguiu votos suficientes para uma cadeira na Câmara dos Deputados, em Brasília. Kelps Lima, que fez campanha com um discurso forte contra Fátima Bezerra, perdeu a campanha.

O grande perdedor nesta campanha eleitoral foi o município de Mossoró, que não elegeu nenhum deputado federal. Com a pulverização dos votos dos eleitores de Mossoró para vários candidatos, terminou por evitar que nomes como Lawrence Amorim, do Solidariedade, não fosse eleito, mesmo com o apoio forte do prefeito Allyson Bezerra.

Já os dois grupos dos Rosado, que fazem oposição a gestão Allyson Bezerra, saíram bem pior do que entraram na campanha. Sandra Rosado tirou votação pífia para deputada federal, assim como sua filha Larissa Rosado para deputada estadual. Já era esperado.

Já o segundo grupo Rosado, liderado Rosalba Ciarlini e seu marido Carlos Augusto Rosado, também não conseguiram eleger seus aliados, nem mesmo o atual deputado federal Beto Rosado (PP). Se para Federal não conseguiu, para a Assembléia Legislativa Rosalba perdeu feio.

Ela se empenhou pessoalmente pedindo votos para Dr. Anax Vale, do União, e o empresário Jorge do Rosário, do Avante. Nem mesmo Jorge do Rosário, deputado bem conceituado em Mossoró conseguiu se eleger. Os dois perderam a campanha.

A grande surpresa na corrida por votos para a Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte não foi Ezequiel Ferreira, atual presidente da Casa, como todos esperava. Terminou sendo o policial militar reformado Wendel Fagner, o Largartixa, do PL, com quase 90 mil votos. Com ele, foi junto o coronel Azevedo, e Neilton Diógenes, do PL, de Apodi.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário