24 JUL 2024 | ATUALIZADO 18:32
ECONOMIA
30/06/2023 12:23
Atualizado
30/06/2023 12:23

Litro da gasolina terá nova redução de R$ 0,14 para as distribuidoras a partir deste sábado (1º)

A+   A-  
O anúncio foi feito pela Petrobras, nesta sexta-feira (30). Com a redução, o litro do combustível será vendido às distribuidoras por R$ 2,52. Considerando a mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro para a composição da gasolina comercializada nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor será, em média, R$ 1,84 a cada litro vendido na bomba.
Imagem 1 -  Litro da gasolina terá nova redução de R$ 0,14 para as distribuidoras a partir deste sábado (1º). O anúncio foi feito pela Petrobras, nesta sexta-feira (30). Com a redução, o litro do combustível será vendido às distribuidoras por R$ 2,52. Considerando a mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro para a composição da gasolina comercializada nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor será, em média, R$ 1,84 a cada litro vendido na bomba.
Litro da gasolina terá nova redução de R$ 0,14 para as distribuidoras a partir deste sábado (1º). O anúncio foi feito pela Petrobras, nesta sexta-feira (30). Com a redução, o litro do combustível será vendido às distribuidoras por R$ 2,52. Considerando a mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro para a composição da gasolina comercializada nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor será, em média, R$ 1,84 a cada litro vendido na bomba.
FOTO: REPRODUÇÃO

A Petrobras anunciou uma nova redução no valor da gasolina vendida às distribuidoras. A partir deste sábado (1º), o litro do combustível estará R$ 0,14 (-5,3%) mais em conta. Com isso, o preço médio de venda de gasolina A passará a ser de R$ 2,52 por litro.

Considerando a mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro para a composição da gasolina comercializada nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor será, em média, R$ 1,84 a cada litro vendido na bomba.

A Petrobras destaca que o valor efetivamente cobrado ao consumidor final no posto é afetado também por outros fatores como impostos, mistura de biocombustíveis e margens de lucro da distribuição e da revenda.

Ainda segundo a estatal, a redução do preço da Petrobras tem como objetivos principais a manutenção da competitividade dos preços da companhia frente às principais alternativas de suprimento dos seus clientes e a participação de mercado necessária para a otimização dos ativos de refino em equilíbrio com os mercados nacional e internacional.

“Ciente da importância de seus produtos para a sociedade brasileira, a companhia destaca que na formação de seus preços busca evitar o repasse da volatilidade conjuntural do mercado internacional e da taxa de câmbio, ao passo que preserva um ambiente competitivo salutar nos termos da legislação vigente”, disse em nota.


Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário