25 JUL 2024 | ATUALIZADO 18:39
POLÍCIA
ANNA PAULA BRITO
30/11/2023 10:21
Atualizado
30/11/2023 10:21

DHPP prende suspeito de homicídio cometido no início do mês, no Vingt Rosado

O suspeito, um homem de 18 anos, teria atirado contra Albeci Viana, de 52 anos, no dia 13 de novembro de 2023. A vítima estava sentada na calçada da casa dos pais, quando foi surpreendida e assassinada. Após a prisão, o jovem confessou o crime e alegou que o cometeu porque Aldeci estaria, supostamente, praticando vários furtos e roubos na região com o intuito de manter o vício em drogas.
DHPP prende suspeito de homicídio cometido no início do mês, no Vingt Rosado. O suspeito, um homem de 18 anos, teria atirado contra Albeci Viana, de 52 anos, no dia 13 de novembro de 2023. A vítima estava sentada na calçada da casa dos pais, quando foi surpreendida e assassinada. Após a prisão, o jovem confessou o crime e alegou que o cometeu porque Aldeci estaria, supostamente, praticando vários furtos e roubos na região com o intuito de manter o vício em drogas.

A polícia civil prendeu, nesta quarta-feira (29), um jovem de 18 anos, suspeito de ter cometido o assassinato de Albeci Viana, de 52 anos, crime o corrido no dia 13 de novembro de 2023.

A vítima estava sentada na calçada da casa dos pais, na terceira etapa do conjunto Vingt Rosado, em Mossoró, quando foi surpreendida e assassinada a tiros.

Após a equipe da Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa de Mossoró (DHPP) elucidar o crime, a justiça emitiu um mandado de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva contra o suspeito, que foram cumpridos nesta quarta.

Ao ser interrogado pelo delegado Caio Fábio, o homem confessou o crime e alegou que o cometeu porque Aldeci estaria, supostamente, praticando vários furtos e roubos na região com o intuito de manter o vício em drogas.

Na casa dele os policiais encontraram um kit de limpeza para armas. Ainda segundo o suspeito, a arma utilizada no crime era de fabricação caseira.

Após ser interrogado, o rapaz foi encaminhados para exames na sede do Itep e, em seguida, levado para a Cadeia Pública de Mossoró, onde permanecerá à disposição da justiça.


Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário