17 ABR 2024 | ATUALIZADO 18:23
SAÚDE
07/01/2024 21:05
Atualizado
07/01/2024 21:07

“Mossoró abriu os braços para a 'Operação Sorriso", diz Janaina Holanda

A+   A-  
“Mossoró abriu os braços para a 'Operação Sorriso', abraçou essa causa e estamos na sétima edição. Um momento muito importante para aquelas famílias que têm um filho, que têm uma filha, que têm algum parente com alguma deformidade facial, lábio leporino, fenda palatina. Então isso é uma cirurgia com uma especialidade muito grande. Nós temos profissionais através da 'Operação Sorriso' para realizar essa cirurgia. Então a nossa expectativa é que neste ano sejam realizadas 60 cirurgias. Esse número pode aumentar conforme a avaliação da equipe da 'Operação Sorriso'”, acrescenta Janaina Holanda
Imagem 1 -  “Mossoró abriu os braços para a 'Operação Sorriso', abraçou essa causa e estamos na sétima edição. Um momento muito importante para aquelas famílias que têm um filho, que têm uma filha, que têm algum parente com alguma deformidade facial, lábio leporino, fenda palatina. Então isso é uma cirurgia com uma especialidade muito grande. Nós temos profissionais através da 'Operação Sorriso' para realizar essa cirurgia. Então a nossa expectativa é que neste ano sejam realizadas 60 cirurgias. Esse número pode aumentar conforme a avaliação da equipe da 'Operação Sorriso'”, acrescenta Janaina Holanda
“Mossoró abriu os braços para a 'Operação Sorriso', abraçou essa causa e estamos na sétima edição. Um momento muito importante para aquelas famílias que têm um filho, que têm uma filha, que têm algum parente com alguma deformidade facial, lábio leporino, fenda palatina. Então isso é uma cirurgia com uma especialidade muito grande. Nós temos profissionais através da 'Operação Sorriso' para realizar essa cirurgia. Então a nossa expectativa é que neste ano sejam realizadas 60 cirurgias. Esse número pode aumentar conforme a avaliação da equipe da 'Operação Sorriso'”, acrescenta Janaina Holanda
Wilson Moreno (SECOM/PMM)

A cidade de Mossoró recebeu pacientes de diversos estados do Nordeste para participarem da triagem da "Operação Sorriso 2024", que ocorreu no Centro Especializado de Reabilitação (CER), neste domingo (7).

Ao todo, 66 pacientes passaram pelos mais de 150 especialistas voluntários (médicos e enfermeiros), que vieram de várias partes do mundo.  

A equipe identificou no CER aqueles que podem se beneficiar de cirurgias corretivas.

Nesta segunda-feira (8) à tarde, no Albem, onde estão alojados, será feito o anúncio de quem vai passar pelo procedimento cirúrgico no Hospital Wilson Rosado nos dias de terça, quarta, quinta e sexta-feira desta semana.

Os organizadores da Operação Sorriso 2024 lembram que aqueles que não chegaram a tempo para fazer a triagem no CER, neste domingo, podem se dirigirem ao Hospital Wilson Rosado, que terá pessoas para atendê-los e, se for o caso, incluí-los na lista de beneficiados.


Essa iniciativa, cujo objetivo é proporcionar tratamento gratuito para pessoas com deformidades faciais, trouxe esperança e oportunidade para muitas famílias que não teriam acesso a esse tipo de cuidado médico especializado, como destaca Janaina Holanda, assistente social, coordenadora local da "Operação Sorriso".

“Mossoró abriu os braços para a 'Operação Sorriso', abraçou essa causa e estamos na sétima edição. Um momento muito importante para aquelas famílias que têm um filho, que têm uma filha, que têm algum parente com alguma deformidade facial, lábio leporino, fenda palatina. Então isso é uma cirurgia com uma especialidade muito grande. Nós temos profissionais através da 'Operação Sorriso' para realizar essa cirurgia. Então a nossa expectativa é que neste ano sejam realizadas 60 cirurgias. Esse número pode aumentar conforme a avaliação da equipe da 'Operação Sorriso'”, disse.

Essa ação é de extrema importância, pois as deformidades faciais podem causar não apenas problemas estéticos, mas também dificuldades funcionais, como dificuldade na alimentação e fala. Ao receberem o tratamento necessário, os pacientes têm a oportunidade de melhorar sua qualidade de vida e autoestima.

O jovem Michael Richardson, de 23 anos, veio da cidade de Boa Saúde/RN com a expectativa de dar continuidade ao seu tratamento iniciado no ano passado. “Estou muito ansioso pra fazer a minha rinoplastia. E esse ano estou confiante que dê certo, não só pra mim, mas também pra todos que estão aqui”, contou.


Michael Richardson, de 23 anos, veio da cidade de Boa Saúde/RN com a expectativa de dar continuidade ao seu tratamento iniciado no ano passado

A "Operação Sorriso" é uma organização humanitária internacional com sede nos Estados Unidos e está presente em mais de 60 países ao redor do mundo. Desde sua fundação, já ajudou milhares de pessoas a superarem as adversidades causadas por deformidades faciais, por meio de tratamentos cirúrgicos gratuitos.

“É uma importante ação, é uma das maiores ações voluntárias do país, onde a Prefeitura de Mossoró entra com seu apoio, transportando profissionais, exames pré-operatórios, espaço para triagem, alimentação, levando a oportunidade para essas pessoas terem seu sorriso de volta”, pontuou Morgana Dantas, titular da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

A cidade de Mossoró é mais uma das sedes da triagem da "Operação Sorriso", demonstrando a importância e reconhecimento da região no acolhimento e cuidado com os pacientes. "A parceria da Prefeitura de Mossoró é fundamental para a realização da 'Operação Sorriso'", declara Cistina Murachco, diretora-executiva da "Operação Sorriso".

“A Prefeitura tem sido nossa parceira ao longo desses anos, cedendo espaço, cedendo pessoal, nos apoiando em todos os momentos aqui em Mossoró. Então isso é muito importante, é fundamental. Se a gente não tiver a parceria da Secretaria de Saúde a gente não consegue fazer nada. Hoje é o primeiro dia oficial do programa. A gente faz um chamado aberto para pessoas com fenda labipalatina que precisem de atendimento que não tem esse atendimento nos seus locais nas suas cidades para virem aqui passar por um processo, na verdade, uma sequência de consultas com profissionais de saúde habilitados para atender pessoas com fissura”, declarou.

A parceria da Prefeitura de Mossoró é fundamental para a realização da "Operação Sorriso", declara a diretora-executiva Cristina Murachco

Em resumo, a triagem da "Operação Sorriso" em Mossoró reforça a importância do acesso à saúde de qualidade para todos, independentemente de sua localização geográfica.

Essa ação solidária proporciona esperança e transformação na vida das pessoas afetadas por deformidades faciais, devolvendo-lhes a confiança para sorrirem novamente, conforme expressa João Paulo que acompanha sua filha na triagem. “A expectativa é positiva, ela está dentro dos requisitos para fazer a cirurgia, mas caso não faça agora, vai ser feita nos próximos meses, mas pelo menos muitas outras crianças vão ser beneficiadas.”, agradeceu.

Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário