13 ABR 2024 | ATUALIZADO 13:43
POLÍCIA
28/02/2024 10:56
Atualizado
28/02/2024 10:56

Suspeito de latrocínio contra comerciante na Paraíba é preso em Alexandria/RN

A+   A-  
A prisão foi realizada nesta terça-feira (27), pela equipe de polícia civil do município de Alexandria. De acordo com a investigação, o crime aconteceu em outubro de 2023, no bairro Imaculada, no município de Bayeux/PB. O suspeito havia realizado um assalto a um estabelecimento e, mesmo sem a vítima esboçar nenhuma reação, foi morta com dois disparos de arma de fogo. Após ser preso, o homem confessou o crime.
Imagem 1 -  Suspeito de latrocínio contra comerciante na Paraíba é preso em Alexandria/RN. A prisão foi realizada nesta terça-feira (27), pela equipe de polícia civil do município de Alexandria. De acordo com a investigação, o crime aconteceu em outubro de 2023, no bairro Imaculada, no município de Bayeux/PB. O suspeito havia realizado um assalto a um estabelecimento e, mesmo sem a vítima esboçar nenhuma reação, foi morta com dois disparos de arma de fogo. Após ser preso, o homem confessou o crime.
Suspeito de latrocínio contra comerciante na Paraíba é preso em Alexandria/RN. A prisão foi realizada nesta terça-feira (27), pela equipe de polícia civil do município de Alexandria. De acordo com a investigação, o crime aconteceu em outubro de 2023, no bairro Imaculada, no município de Bayeux/PB. O suspeito havia realizado um assalto a um estabelecimento e, mesmo sem a vítima esboçar nenhuma reação, foi morta com dois disparos de arma de fogo. Após ser preso, o homem confessou o crime.
FOTO: PCRN

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte, em ação conjunta com a Polícia Civil da Paraíba, prendeu um homem suspeito de cometer o crime de latrocínio contra uma comerciante no município de Bayeux, no estado da Paraíba.

A prisão do suspeito aconteceu nesta terça-feira (27), no município de Alexandria, interior do RN.

De acordo com a investigação, o crime aconteceu em outubro de 2023, no bairro Imaculada, no município de Bayeux. O suspeito havia realizado um assalto a um estabelecimento e, mesmo sem a vítima esboçar nenhuma reação, foi morta com dois disparos de arma de fogo.

Na semana passada, uma ação conjunta das forças de segurança atuantes em Bayeux já havia prendido o outro acusado do crime.

O homem confessou o crime e ainda disse que pensou que a vítima tinha reagido ao colocar a mão no bolso da bermuda. O investigado foragido foi encaminhado para o sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário