17 JUN 2024 | ATUALIZADO 15:36
ECONOMIA
Da redação
26/12/2015 09:43
Atualizado
13/12/2018 02:02

?Mossoró começará 2016 com o pé direito na geração de empregos?, afirma prefeito

A+   A-  
Francisco José Jr. destaca contratação de mil novos trabalhadores no setor de telemarketing. Com a ampliação do quadro funcional, AeC passa a injetar na economia local cerca de R$ 4 milhões/mês.
Imagem 1 -  ?Mossoró começará 2016 com o pé direito na geração de empregos?, afirma prefeito
Cedida//Secom

O Brasil vive uma das piores crises econômicas de sua história, o que tem afetado severamente diversos setores, como o de geração de empregos. Mesmo nesse cenário desfavorável, Mossoró tem garantido novos postos de trabalho para a população.

“Nossa cidade começará 2016 com o pé direito na geração de empregos. Mil novos trabalhadores do setor de telemarketing começam a desempenhar suas funções já no primeiro dia útil do ano, vagas que foram viabilizadas graças aos esforços da nossa gestão”, comemora o prefeito Francisco José Júnior.

Leia também:

Comércio mossoroense registra saldo positivo de empregos em novembro

Mossoró cria mil novos postos de emprego em empresa de call center

Os mil empregos que já movimentarão a economia mossoroense no início de 2016 se concretizaram após algumas medidas adotadas pelo Poder Executivo local. As vagas estavam previstas para serem preenchidas na filial da AeC em outro estado. Os novos funcionários foram recepcionados na última quarta-feira, 23, no Teatro Dix-huit Rosado. 

“Garantimos linhas de ônibus nos horários das mudanças de turno, segurança, isenção fiscal, tudo isso permitiu que a empresa ampliasse o seu quadro de funcionários, sendo essa a segunda ampliação que acontece desde que assumimos a Prefeitura”, destaca o prefeito.

Francisco José Júnior ainda parabeniza a direção da empresa por acreditar e ampliar os investimentos em Mossoró. “Nossa cidade acolheu o call center de tal maneira, que hoje ele é considerado um dos melhores do Brasil, o que reforça o empenho o profissionalismo dos funcionários que já fazem parte da equipe e motiva os novos colaboradores. Estão todos de parabéns”.

Com a contratação de mais mil colaboradores, a AeC chega a 3,2 mil funcionários em Mossoró, o que representa um incremento na economia local de R$ 4 milhões por mês somente com folha de pessoal.

“Gerar emprego é garantir renda e dignidade para a população. Em uma crise como essa, mil novas vagas de emprego trazem esperança não só para Mossoró, mas para todo o Rio Grande do Norte”, disse Francisco José Júnior.

Números

Em 2015, o Brasil perdeu, até novembro, mais de um milhão de postos de trabalho com carteira assinada. Só em novembro, foram fechadas 130.629 vagas.

Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário