24 JUN 2024 | ATUALIZADO 15:56
ESTADO
25/05/2024 08:46
Atualizado
25/05/2024 08:46

Totalmente aberto, desvio da BR 304 em Lajes pode ser percorrido em 32 segundos

A+   A-  
Depois de quase 2 meses, o DNIT concluiu desvio da BR 304, em Lajes-RN, liberando o trafego de veículos nos dois sentidos. Neste trecho, no dia 30 de março de 2024, uma forte enxurrada destruiu a ponte dos rios Salgado e Ponta da Serra, impondo enormes dificuldades para o translado entre Mossoró e a capital Natal, mesmo por um desvio alternativo particular nesta região. Liberado o tráfego nos dois sentidos no desvio feito pelo DNIT, motoristas e motociclistas, em velocidade permitida, percorrem o trecho deste desvio em apenas 32 segundos.
Imagem 1 -  Depois de quase 2 meses, o DNIT concluiu desvio da BR 304, em Lajes-RN, liberando o trafego de veículos nos dois sentidos. Neste trecho, no dia 30 de março de 2024, uma forte enxurrada destruiu a ponte dos rios Salgado e Ponta da Serra, impondo enormes dificuldades para o translado entre Mossoró e a capital Natal, mesmo por um desvio alternativo particular nesta região. Liberado o tráfego nos dois sentidos no desvio feito pelo DNIT, motoristas e motociclistas, em velocidade permitida, percorrem o trecho deste desvio em apenas 32 segundos.
Depois de quase 2 meses, o DNIT concluiu desvio da BR 304, em Lajes-RN, liberando o trafego de veículos nos dois sentidos. Neste trecho, no dia 30 de março de 2024, uma forte enxurrada destruiu a ponte dos rios Salgado e Ponta da Serra, impondo enormes dificuldades para o translado entre Mossoró e a capital Natal, mesmo por um desvio alternativo particular nesta região. Liberado o tráfego nos dois sentidos no desvio feito pelo DNIT, motoristas e motociclistas, em velocidade permitida, percorrem o trecho deste desvio em apenas 32 segundos.

Depois de quase 2 meses, o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) concluiu o desvio da BR 304, em Lajes-RN, liberando o trafego de veículos nos dois sentidos.

Neste trecho, no dia 30 de março de 2024, uma forte enxurrada, ocasionada pelo rompimento em cascata de 9 açudes, destruiu a ponte do rio Salgado e também parte da BR 304.

Com a destruição da ponte e o trecho da BR 304, o tráfego de veículos no sentido Mossoró-Natal e no sentido contrário, teve que ser desviado para as BRs 226 e 406.

A promessa inicial do DNIT e do Governo do Estado, era concluir o desvio em 15 dias. Entretanto, o período de chuvas fortes não permitiu que isto acontecesse.

Foi prometido o desvio para 30 dias e também não foi possível entregar. Apenas após 50 dias, é que foi possível abrir uma das vias, sendo usado o sistema pare e siga para o tráfego.

Neste final de semana, já se aproximando dos 60 dias, o desvio foi totalmente aberto. Concluído e sinalizado, o trecho pode ser percorrido em apenas 32 de segundos.

Antes, sem este desvio, o tempo de viagem de Mossoró a Natal havia aumentado, em média, 2 horas, variando para mais ou para menos, conforme o dia e horário.

Durante boa parte do período que o trânsito esteve interrompido na rodovia, os veículos usaram um desvio feito por dentro de propriedades privadas, pagando uma taxa de 20,00.

Com o desvio pronto, o próximo passo do DNIT é fazer a ponte e recuperar o trecho da BR 304. Neste caso, o órgão federal não informou prazo de começo e menos ainda de conclusão.


Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário