17 JAN 2019 | ATUALIZADO 16:15
POLÍCIA

Personal Trainer é morto a tiros e namorada baleada em Mossoró

Testemunhas contaram que as vítimas trafegavam em uma Biz vermelha no bairro Santo Antônio, quando foram seguidos e baleados por dois homens. O personal teria tentado correr e foi alcançado
Da redação
12/01/2016 19:32
Atualizado
13/12/2018 07:38
A+   A-  
Personal Trainer é morto a tiros e namorada baleada em Mossoró
Arquivo Pessoal

O personal trainer Ed Morango Medeiros Gurgel, de 27 anos, foi assassinado com mais de dez tiros de pistola calibre 380 na noite desta terça-feira (12), no bairro Santo Antônio, zona norte de Mossoró.

Os atiradores ainda feriram sua namorada, a cabeleireira e proprietária da academia Wolver Fitness Vanessa Vieira Paiva, de 24 anos, que estava em sua companhia.

Em relato à Polícia Militar, testemunhas contaram que Ed e Vanessa trafegavam em uma moto Biz vermelha quando foram seguidos e baleados por dois homens.

  (Foto: Cézar Alves)
Ed Morango era o alvo dos disparos. Ele ainda tentou correr, mas foi morto em cima de uma calçada. Os tiros o alvejaram na região do tórax.

Vanessa Vieira estava na garupa da motocicleta e foi baleada nas pernas. Ela foi levada para o pronto socorro do Hospital Regional Tarcísio Maia, onde foi atendida e liberada.

Segundo a polícia, os dois suspeitos não foram identificados. Eles fugiram com destino desconhecido e, mesmo com buscas realizadas na área, nenhum deles foi localizado e preso.

Os policiais civis vão avaliar as imagens das câmeras das lojas de carro e uma marmoaria que ficam próximos para vê se dá para identificar os atiradores.

O corpo de Ed Morango foi removido pela equipe do ITEP, para ser necropsiado e liberado para velório e sepultamento.

O caso será investigado em inquérito policial conduzido pela titular da Delegacia Especializada de Homicídios de Mossoró (DEHOM), Liana Aragão.

Outro caso

Em junho do ano passado, o cabeleireiro e também empresário do ramo de academias, Francisco Jedino de Oliveira, o Jedin, de 29 anos, foi morto com tiros de pistola no bairro Santo Antônio.

Vanessa Vieira, baleada nesta terça, é irmã da viúva de Jedin.

Até os dias atuais, o crime permance sem solução.

Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário