23 JUL 2019 | ATUALIZADO 11:19
POLÍCIA

Mãe e filha queimadas em Mossoró recebem alta após quase dois meses internadas

Deuzilene estava no Hospital Walfredo Gurgel, em Natal, e a filha estava em Fortaleza. O reencontro das duas aconteceu nesta segunda-feira (05).
Por Josemário Alves
06/09/2016 10:11
Atualizado
13/12/2018 10:11
A+   A-  
Mãe e filha queimadas em Mossoró recebem alta
Cézar Alves / MH
A dona de casa Deuzilene Antônia da Silva, de 42 anos, e sua filha cadeirante Glícia Roberta da Silva, de 15, já estão em casa se recuperando do ataque com fogo que sofreram em julho passado. Elas se reencontraram nesta segunda-feira (05), após quase dois meses separadas.

Deuzilene estava internada no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel em Natal, enquanto que a adolescente estava no Instituto Doutor José Frota, em Fortaleza. Ambas com queimaduras graves pelo corpo.

Segundo informou Deuzinete Silva, irmã de Deuzilene e tia de Glícia, ambas ainda estão com ferimentos pelo corpo.

“O último procedimento que elas passaram, que foi a enxertia, ainda não sarou”, revelou ao MOSSORÓ HOJE.

Enxertia é um transplante de pele saudável para os locais mais danificados pelo fogo. No caso da adolescente, o procedimento foi realizado na mão esquerda, enquanto que na mãe foi em uma parte do braço.

“Elas estão se recuperando aos poucos, mas graças a Deus o pior já passou”, concluiu Deuzinete.

O ataque que queimou os corpos da adolescente e da sua mãe aconteceu na madrugada do dia 14 de julho. Criminosos atearam fogo na casa e obrigaram elas e ficarem dentro. O motivo, segundo a Polícia Civil, foi uma discussão entre o filho de Deuzilene com outro rapaz, durante uma partida de futebol.

“Por causa dessa briga, parentes do rapaz foram lá na casa procurar o filho da dona da casa, como não encontraram, descontaram na mãe e na filha”, revelou Paulo Pereira, delegado, que estava investigando o caso.

Ambos os suspeitos já foram identificados. Os nomes dos dois estão sendo mantidos em sigilo pela polícia para não dificultar o andamento das investigações.

Leia mais:

Terror em Mossoró: bandidos ateiam fogo em casa com família dentro
"Identifiquei os autores", diz delegado sobre mãe e filha queimadas em Mossoró
Mãe e filha queimadas em Mossoró/RN estão anestesiadas para suportar dores
Suspeitos de atearem fogo em mãe e filha ainda não foram ouvidos

Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário