22 FEV 2019 | ATUALIZADO 23:38
GERAL

Mãe fantasia filho de 9 anos de escravo para festa de escola em Natal e gera polêmica

A própria mãe publicou fotos do garoto na internet e disse que objetivo da fantasia era "abrasileirar o negócio"; Internautas criticaram atitude, que foi considerada racista
Da redação
30/10/2018 05:30
Atualizado
13/12/2018 18:22
A+   A-  
Mãe fantasia filho de 9 anos de escravo para festa de escola em Natal e gera polêmica
Reprodução/Instagram
Uma mãe fantasiou o próprio filho de 9 anos como escravo para a festa de Halloween de uma escola de classe média alta em Natal, nesta segunda-feira (29). Ela mesma publicou as fotos do garoto nas redes sociais, durante a tarde, e as imagens causaram polêmica na internet. A informação é do portal G1/RN.

A grande maioria dos comentários faz críticas a atitude da mãe, que foi considerada racista. A publicação foi apagada do perfil dela. As imagens do garoto fantasiado de escravo gerou repercussão nacional. O cantor Marcelo D2 republicou o fato em sua conta no Twitter e escreveu na legenda: "Quando vc pensa que já viu de tudo na vida".

Como mostram as imagens, o garoto foi pintado de cor escura e maquiado com "marcas" de chicotadas. A mãe ainda o cobriu com roupas brancas e correntes pelo corpo. "Quando seu filho absorve o personagem! Vamos abrasileirar esse negócio! #Escravo", escreveu a mãe na legenda das fotos no Instagram.

Segundo o G1, no Twitter a mulher escreveu: "Ñ leiam livros d História do Brasil. Eles dizem q existiu escravidão d negros no país, mas isso é mentira. Ñ discuta com essa afirmação, pois vc estará sendo racista, A PIOR PESSOA, um lixo Só ñ entendi ainda se o problema foi a fantasia ou o '17' na foto".

O colégio onde aconteceu a festa de Halloween emitiu uma nota e afirmou que a instituição não compactua com expressões de racismo ou preconceito.

Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário