19 MAI 2019 | ATUALIZADO 11:37
ESTADO

'Momento de pânico', diz homem arrastado por enxurrada no RN

O volume do Rio São Miguel, que passa por baixo da ponte, aumentou depois que algumas barragens romperam na região, por causa da ocorrência de chuvas durante a Semana Santa
G1 RN
22/04/2019 16:48
Atualizado
22/04/2019 16:48
A+   A-  
'Momento de pânico', diz homem arrastado por enxurrada no RN
A força do rio que destruiu a cabeceira da ponte na RN-041, no interior potiguar, também arrastou dois carros pela correnteza. Dentro de um deles, havia dois homens, que foram resgatados pela Defesa Civil. Eles relataram a tensão dentro do veículo. “Um momento de pânico”, resumiu uma das vítimas da enxurrada, José Miguel
Reproduç.ão/G1

A força do rio que destruiu a cabeceira da ponte na RN-041, no interior potiguar, também arrastou dois carros pela correnteza. Dentro de um deles, havia dois homens, que foram resgatados pela Defesa Civil. Eles relataram a tensão dentro do veículo. “Um momento de pânico”, resumiu uma das vítimas da enxurrada, José Miguel.

Ele e Luiz Carlos passavam pela rodovia estadual, em Santana do Matos, na região Central, no momento em que ocorreu o incidente com a ponte, na madrugada do domingo (21).

O volume do Rio São Miguel, que passa por baixo da ponte, aumentou depois que algumas barragens romperam na região, por causa da ocorrência de chuvas durante a Semana Santa.

“Os bens vão e a gente fica”, disse Luiz Carlos. Ele e o amigo José Miguel concederam entrevista ao radialista F. Damião e o material foi cedido ao G1. Os dois conversaram com o radialista no local em que a cabeceira rompeu, já nesta segunda-feira (22), após o susto.

“Eu freei e não deu. A água já tinha cortado a ponte. Quando freei, cedeu a frente e o carro encheu d'água”, relata Luiz Carlos. Os dois pularam do carro e se agarraram a árvores. Em seguida foram resgatados.

O Ford Ka em que eles estavam foi arrastado por vários metros e ficou danificado. Ainda na noite deste domingo (21), o Governo do Estado anunciou que vai decretar situação de emergência por enxurrada nos municípios de Fernando Pedroza, Angicos e Santana do Matos.


Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário