09 DEZ 2019 | ATUALIZADO 11:51
ESTADO

Sesap mantém o Hospital Ruy Pereira em prédio condenado pelo Bombeiros

Quando assumiu o governo, a Secretaria de Saúde buscou uma saída e recebeu fortes críticas da mídia e da oposição; O prédio, além de não atender as exigências dos bombeiros, custa R$ 200 mil de aluguel por mês
10/06/2019 18:55
Atualizado
10/06/2019 21:52
A+   A-  
Imagem 1 -  80 leitos do Hospital Ruy Pereira, em Natal, funciona numa estrutura alugada por 200 mil/mês e que existe vários laudos do Corpo de Bombeiros condenando a estrutura
80 leitos do Hospital Ruy Pereira, em Natal, funciona numa estrutura alugada por 200 mil/mês e que existe vários laudos do Corpo de Bombeiros condenando a estrutura
REPRODUÇÃO POLITICA EM PAUTA

A Secretaria Estadual de Saúde vai continuar com o Hospital Ruy Pereira no prédio alugado por R$ 200 mil reais/mês e com estrutura comprometida.

A informação foi divulgada em nota pela Secretaria Estadual de Saúde na tarde desta segunda-feira, 10. “É por período que for necessário”, diz.

Em 2014 já haviam três laudos do Corpo de Bombeiros e vários outros do período de 2015 a 2018, condenando o prédio do Hospital Ruy Pereira.

É o que aponta relatório da Comissão de Execução e Gerenciamento de Contratos da SESAP, entregue ao Tribunal de Contas do Estado.

O TCE, por sua vez, determinou que o Governo do Estado adote medidas urgentes para regularizar a situação de contrato de aluguel do prédio.

No documento de 2014, o Bombeiros alerta que o local não tem projeto de prevenção de segurança e incêndio, explosão e pânico.

Além do Governo, o proprietário do prédio também foi notificado, porém de 2014 a 2018, nenhuma providência foi adotada para adequar a estrutura.

Ao assumir no início de 2019, a Secretaria Estadual de Saúde foi informada do quadro comprometido do prédio do Hospital Ruy Pereira.

Considerando o aluguel muito caro e a estrutura do prédio inadequada, a proposta do Governo era transferir o hospital para outro local.

O Hospital Ruy Pereira tem 80 leitos, sendo 10 de Uti adulto. É referência no atendimento de doenças vascular, portanto, considerando fundamental.

Segue a nota

O Governo do Estado reuniu nesta segunda-feira, 10, o secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, o secretário adjunto de Saúde, Petrônio Spinelli, e técnicos da pasta, e tomou a decisão de manter as atividades do Hospital Ruy Pereira. Ficou definido que será renovado o contrato de aluguel pelo período que for necessário e serão realizados novos laudos de avaliação das condições estruturais para o funcionamento no prédio onde está instalada a unidade de saúde.

Também ficou definido que as medidas a serem tomadas serão discutidas previamente com a sociedade e com órgãos de fiscalização e controle. O objetivo do Governo do Estado é, além de manter as atividades do Hospital Ruy Pereira, melhorar e ampliar os serviços prestados com ganho de qualidade e quantidade.


Notas

Ambiental do Brasil

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário