19 JUL 2019 | ATUALIZADO 00:24
SAÚDE

Relatório aponta que um 1/3 das pessoas sofrem com depressão nas Américas

Os dados foram divulgados em março pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). %. A psicóloga Drª Luanna Gomes, do Hapvida Saúde, explica que praticar atividade física, manter uma boa alimentação, fazer tarefas prazerosas, aliados ao acompanhamento psicoterapêutico ajudam a previr a doença.
17/06/2019 10:27
Atualizado
17/06/2019 10:29
A+   A-  
Relatório aponta que um 1/3 das pessoas sofrem com depressão nas Américas
A taxa de jovens que reportaram ter sofrido algum episódio de depressão subiu 37%.
FOTO: REPRODUÇÃO

Sentir tristeza por fatos que acontecem no dia a dia é normal, na maioria das vezes. Já o sentimento melancólico, sem motivo aparente, que impede o indivíduo de realizar tarefas cotidianas, pode sinalizar o início de uma doença bem comum na atualidade: a depressão.

Segundo relatório divulgado em março pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), mais de um terço das pessoas sofrem com incapacidades desse tipo nas Américas.

Caracterizada pela alteração de humor, desesperança e pensamentos negativos, a depressão vem crescendo, principalmente, entre os jovens, como mostra pesquisa da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos.

A taxa de jovens que reportaram ter sofrido algum episódio de depressão subiu 37%. A psicóloga do Hapvida saúde. Drª Luanna Gomes explica a diferença entre os sintomas.

“É importante que saibamos identificar o que é apenas uma tristeza comum, como a perda de um familiar ou o término de um relacionamento, com o transtorno depressivo e de ansiedade”.

Segundo a médica, uma forma de percepção é observar se o paciente não tem mais prazer em desenvolver sua rotina, como se arrumar, ou praticar algum tipo de lazer.

Quanto à prevenção, a especialista ressalta a tríade ideal, “atividade física, boa alimentação e tarefas prazerosas, além de acompanhamento psicoterapêutico”, destaca.


Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário