29 FEV 2020 | ATUALIZADO 19:09
NACIONAL

Marinha informa que terminou a limpeza do óleo que reapareceu no Ceará

O material reapareceu em 3 praias do estado no dia 30 de dezembro. A marinha informou que amostras do material foram enviadas para análise no Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM) para verificar o tipo de óleo encontrado.
COM INFORMAÇÕES DA AGÊNCIA BRASIL
03/01/2020 16:57
Atualizado
03/01/2020 16:58
A+   A-  
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

A marinha informou nesta sexta-feira (3) que os militares concluíram a limpeza do óleo no litoral do estado e nas áreas não habitadas das praias.

O material havia voltado a aparecer em 3 praias de dois municípios do estado e havia sido encontrado por moradores no dia 30 de dezembro de 2019.

Veja mais:

Manchas de óleo voltam a aparecer em 3 praias no litoral do Ceará


Segundo o Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA), formado pela Marinha do Brasil, Agência Nacional de Petróleo e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), amostras do material foram enviadas para análise no Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM) para verificar o tipo de óleo encontrado.

RESÍDUOS

Até o momento, mais de 5 mil toneladas de resíduos oleosos foram recolhidas no litoral das regiões Nordeste e Sudeste. A contagem desse material não inclui somente óleo, mas também é composta por areia, lonas e outros materiais utilizados para a coleta.

De acordo com o governo do Ceará, devido ao monitoramento feito pelo Marinha e o Ibama, não são mais perceptíveis as manchas encontradas na maioria das áreas de praia e manguezais do litoral.

No Rio Grande do Norte, todo o material recolhido foi encaminhado para uma fábrica de cimento, localizada na cidade de Baraúna, onde será reaproveitado para utilização no setor cimenteiro.

Veja mais:

Fábrica de cimento vai receber e reaproveitar óleo derramado no litoral do RN



Notas

Convite Missa

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário