03 ABR 2020 | ATUALIZADO 07:45
ECONOMIA
19/03/2020 16:23
Atualizado
19/03/2020 16:26

Trabalhadores nascidos em maio e junho já podem sacar abono do PIS

A+   A-  
Os trabalhadores que possuem conta na Caixa tiveram o valor depositado na terça-feira (17). Nesta quarta-feira (18) o banco anunciou algumas medidas que estão sendo tomadas para contenção do coronavírus, o acesso controlado da entrada e saída de clientes em agências.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Nesta quinta-feira (19) a Caixa Econômica Federal iniciou o pagamento do Abono Salarial – Programa de Integração Social (PIS) calendário 2019/2020 para os trabalhadores nascidos nos meses de maio e junho.

Os trabalhadores que possuem conta na Caixa tiveram o valor depositado em crédito automático na terça-feira (17). Os valores variam de R$ 88 a R$ 1.045, de acordo com a quantidade de dias trabalhados durante o ano base 2018.

Neste período de crise de saúde, antes de se deslocar até uma agência, é recomendado que o trabalhador verifique se tem direito ao benefício. A informação pode ser consultada no Aplicativo CAIXA Trabalhador, no site da CAIXA ou pelo Atendimento CAIXA ao Cidadão: 0800 726 0207.

O prazo final para o saque do Abono salarial do calendário de pagamentos 2019/2020 de todos os trabalhadores é 30 de junho de 2020.


CORONAVÍRUS

Nesta quarta-feira (18) a Caixa anunciou novas medidas para prevenir o avanço do coronavírus.

Entre as principais, estão o acesso controlado da entrada e saída de clientes em agências, a abertura antecipada das unidades selecionadas em uma hora, para atender os clientes que estão no chamado grupo de risco, gerenciamento de filas, além da distribuição de senhas em cores para diferenciar a necessidade e agilizar o atendimento.

Caso seja necessário o fechamento de algumas unidades, a Caixa vai disponibilizar, ainda, um número para que os clientes possam entrar em contato via WhatsApp com os gerentes do banco.

ENTRADA E SAÍDA

O fluxo de pessoas no interior das agências será limitado a, no máximo, 50% da capacidade dos assentos das unidades, para que seja possível manter a distância de no mínimo um metro entre as pessoas.

Empregados do banco poderão utilizar equipamentos de proteção no atendimento. Serão colocados na porta das agências cartazes com informações para orientar os clientes.

A Caixa também disponibilizou verba exclusiva para as unidades adquirirem produtos que auxiliam na prevenção, e solicitou a intensificação de limpeza de suas unidades.

AÇÕES INTERNAS

Os empregados do banco que estão grupo de risco foram liberados, a partir desta quarta-feira (18), para o trabalho remoto.

Grávidas, pessoas com mais de 60 anos, imonussuprimidos, diabéticos, portadores de doenças cardiovasculares ou pulmonares e em tratamento de câncer, vão desempenhar suas atividades de casa.

As reuniões, pontos de controle e treinamentos presenciais foram substituídos por chats, vídeos ou audioconferências.

“O banco continua acompanhando a situação, a fim de avaliar medidas futuras que podem ser tomadas em decorrência da evolução dos acontecimentos”.


Notas

Compra Notebook

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário