04 AGO 2020 | ATUALIZADO 22:17
ESTADO
23/03/2020 14:48
Atualizado
23/03/2020 14:51

Acari e Currais Novos saem da situação de rodízio para abastecimento normal

A+   A-  
As chuvas dos últimos meses fizeram com que o açude Dourado, que abastece Currais Novos, chegasse a 100% do seu volume e, consequentemente, o Marechal Dutra (Gargalheiras), que abastece Acari, recebesse água e ficasse com 19% da sua capacidade, não sendo mais necessário manter o rodízio de abastecimento nas duas cidades.
Imagem 1 -  Chuvas aumentam volume dos reservatório Dourado e Gargalheira e fazem com que Acari e Currais Novos saiam da situação de rodízio para abastecimento normal. A Caern reforça que isto não é motivo para que a população passe a desperdiçar água e que o consumo consciente é fundamental neste momento de epidemia.
Chuvas aumentam volume dos reservatório Dourado e Gargalheira e fazem com que Acari e Currais Novos saiam da situação de rodízio para abastecimento normal. A Caern reforça que isto não é motivo para que a população passe a desperdiçar água e que o consumo consciente é fundamental neste momento de epidemia.
FOTO: DIVULGAÇÃO

As cidades de Acari e Currais Novos saíram da situação de rodízio para abastecimento normal. A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) abastece a cidade de Currais Novos através do Dourado e a cidade de Acari por meio do Marechal Dutra (Gargalheiras).

Pela última medição do Instituto de Gestão de Águas do Rio Grande do Norte (IGARN), de 19 de março, o Gargalheiras está com 19% e o Dourado com 100% de suas capacidades.

O sistema original do abastecimento das cidades de Acari e Currais Novos era o açude Gargalheiras, tendo em vista que o Gargalheiras pode acumular mais de 44 milhões de metros cúbicos e o Dourado pouco mais de 10 milhões de metros cúbicos.

Em função do Gargalheiras ter secado em 2015, a Caern foi obrigada a encontrar alternativas para o abastecimento. Uma delas foi passar a adotar o uso da água da adutora emergencial com captação na barragem Armando Ribeiro.

As chuvas do ano passado possibilitaram a ativação do abastecimento do Dourado para Currais Novos. Quando estava praticamente secando esse ano, as chuvas fizeram o Dourado transbordar no início de março.

Suas água seguem para o Gargalheiras que está recuperando seu volume aos poucos. O açude Dourado está enviando água para Currais Novos diariamente, mas ainda necessita de contribuição do Gargalheiras em dias alternados.

“É importante lembrar que mesmo com o abastecimento normal, a população deve continuar a fazer uso racional da água. Nesse momento de pandemia causada pelo coronavírus, a água é essencial, assim como cuidar dela”, disse a Caern.

A população deve ficar atenta para eliminar vazamentos internos, não usar mangueira para regar plantas, lavar carros ou calçadas.

Também devem ser adotados hábitos simples como fechar torneira na hora de usar o sabonete ou fazer a barba; não deixar crianças brincando com a água e evitar banhos longos.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário