28 MAR 2020 | ATUALIZADO 11:35
ESTADO
25/03/2020 09:44
Atualizado
25/03/2020 11:54

Fátima tranquiliza potiguares e diz que vai manter isolamento social

A+   A-  
Após o discurso do presidente pedindo a volta às aulas e à vida normal e ignorando os efeitos devastadores do coronavírus, a governadora do Rio Grande do Norte se pronunciou para tranquilizar a população do estado e dizer que manterá o isolamento social no estado, além reforçar sobre medidas mais duras para conter o avanço da doença.
Imagem 1 -  Após o discurso do presidente pedindo a volta às aulas e à vida normal e ignorando os efeitos devastadores do coronavírus, a governadora do Rio Grande do Norte se pronunciou para tranquilizar a população do estado e dizer que manterá o isolamento social no estado, além reforçar sobre medidas mais duras para conter o avanço da doença.
Após o discurso do presidente pedindo a volta às aulas e à vida normal e ignorando os efeitos devastadores do coronavírus, a governadora do Rio Grande do Norte se pronunciou para tranquilizar a população do estado e dizer que manterá o isolamento social no estado, além reforçar sobre medidas mais duras para conter o avanço da doença.
FOTO: REPRODUÇÃO

No final da noite desta terça-feira (24) a Governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, se pronunciou após discurso do presidente Jair Bolsonaro, minimizando os efeitos devastadores do coronavírus e pedindo que a rotina voltasse ao normal.

Fátima tranquilizou os potiguares e disse que o estado vai continuar trabalhando com medidas firmes de combate e prevenção à doença.

“Hoje anunciamos um novo decreto com medidas mais duras no que diz respeito ao isolamento social. Repito: vamos continuar seguindo todas as medidas até aqui de controle da pandemia da #Covid19”, disse.

A governadora reforçou que, neste momento, não se trata de divergências políticas, mas de proteger a saúde da população.

“Faço coro às palavras dos Secretários de Saúde do Nordeste. Não há neste momento tão delicado o desejo nenhum de politizar a discussão, mas o pronunciamento de hoje do Presidente é um equívoco! Vai na contramão de todas as medidas defendidas pelos Estados e municípios em sintonia com o Ministério da Saúde e pela própria sociedade”, explicou Fátima.

Ela lembra que, por se tratar de uma pandemia, o mundo todo está sendo afetado e que é impossível ignorada.

“No que compete ao Governo do Estado do Rio Grande do Norte nós vamos seguir as medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde, bem como pela Organização Mundial de Saúde, e que já são adotadas por diversos países que enfrentam hoje a mesma batalha. Que Deus abençoe a todos e a todas nós”, concluiu.


Notas

Compra Notebook

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário