07 JUN 2020 | ATUALIZADO 16:10
ESTADO
DA REDAÇÃO
21/05/2020 10:11
Atualizado
21/05/2020 10:12

Em dez dias, número de mortes por Covid-19 dobra no Rio Grande do Norte

A+   A-  
No dia 10 de maio o estado registrava 87 óbitos causados pela doença. Nesta quarta-feira (20) as mortes chegaram a 170. O RN também atingiu o limite máximo de ocupação de leitos de UTI, com fila de espera de pacientes.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

As mortes provocadas pelo novo coronavírus no dobraram no período de 10 dias, no Rio Grande do Norte. É o que mostra a comparação entre os boletins epidemiológicos divulgados pela Sesap nos dias 10 e 20 de maio.

O primeiro contabilizava apenas 87 óbitos por Covid-19. Já o segundo, publicado nesta quarta-feira (20), aponta 170 óbitos pela doença, números que preocupam as autoridades de saúde do estado, visto que o isolamento social tem diminuído no RN.

A Sesap registou uma taxa de isolamento de apenas 41% no dia 19 de maio, quando o ideal é que essa taxa se mantenha, pelo menos, em 60%.

Outro dado preocupante é a taxa de ocupação de leitos de UTI no estado. Nesta quarta-feira (20) o RN atingiu o limite máximo de ocupação desses leitos, registrando fila de pacientes infectados pela doença e que aguardam para serem transferido para unidades de cuidados intensivos.

O estado já registra 100% de ocupação em Natal, Mossoró e Pau dos Ferros, principais polos de atendimentos a pacientes com Covid-19.

De acordo com o secretário adjunto da Sesap, Petrônio Spinelli, a situação é crítica e a pasta busca alternativas para abertura novos leitos em "curtíssimo prazo".

Ainda segundo Spinelle, a Sesap emprestou equipamentos ao município de Natal, para ampliar o atendimento no Hospital Municipal e no Hospital de Campanha montado na Via Costeira.

O estado também anunciou a abertura de 10 novos leitos contratados ao hospital da Liga Contra o Câncer até a próxima sexta-feira (22).


Notas

Compra Notebook

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário