09 JUL 2020 | ATUALIZADO 12:36
ESTADO
29/05/2020 16:54
Atualizado
29/05/2020 16:58

Tibau descarta lockdown; Gestão vai intensificar fiscalização com barreiras sanitárias

A+   A-  
O novo decreto municipal, publicado nesta sexta-feira (29) traz novas medidas de enfrentamento ao novos Coronavírus; De acordo com o documento, veículos de outras cidades serão obrigatoriamente fiscalizados e somente terão acesso à cidade de Tibau se os seus ocupantes estiverem fazendo uso obrigatório de máscaras e de álcool em gel 70%.
Imagem 1 -
FOTO: CEDIDA

Por meio do Decreto o 012/2020, publicado nesta sexta-feira (29), a Prefeitura Municipal de Tibau implementou novas medidas de distanciamento social como forma de enfrentamento à Covid-19.

O Decreto determina que o município intensificará barreiras sanitárias móveis e fixas que objetivam reduzir a velocidade de proliferação do novo coronavírus no município.

Segundo o último boletim epidemiológico municipal, a cidade já registrou 110 casos notificados, sendo 58 descartados, 10 inconclusivos, 17 casos suspeitos (16 em acompanhamento domiciliar e um óbito em investigação) e 25 casos confirmados (sendo 10 curados, 14 em acompanhamento/isolamento domiciliar e 1 internado).

Por conta do aumento, a prefeitura fará nesta sexta (29), sábado (30) e domingo (31), barreiras móveis e fixas, estendendo também para o período de 5 a 7 e 12 a 14 de junho. Ou seja, serão três finais de semana consecutivos com realização de barreiras nas principais vias de acesso ao município.

Pelo Decreto, veículos de quaisquer outras cidades serão obrigatoriamente fiscalizados e somente terão acesso à cidade de Tibau, caso os seus ocupantes estejam fazendo uso obrigatório de máscaras e de álcool em gel 70%.

O Decreto reforça a proibição de aglomeração de pessoas em qualquer ambiente, seja público ou privado, interno ou externo, para realização de qualquer atividade.

Ficou estipulado o valor de R$ 500,00 como multa para a pessoa que apresentar sintomas e testar positivo para a Covid-19 e que não se afastar para a realização de isolamento domiciliar pelo prazo de pelo menos 14 dias a contar do início dos sintomas.

A Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Secretaria de Obras, vão instalar lavatórios coletivos em locais públicos e fará a desinfecção semanal em táxis e mototáxis.

MEDIDAS

Para o prefeito Josinaldo Marcos de Souza (PSDB), “Naldinho”, decretar o chamado lockdown na cidade não será medida eficiente para frear o contágio ou aumento dos casos suspeitos.

“O que nós cidadãos devemos fazer para reduzir esse índice e achatar a curva é usar nossa consciência, ficando em casa e só saindo em caso de extrema necessidade. É evitar de realizar festinhas particulares e convidar os amigos, é deixar que apenas uma pessoa da família, principalmente aquela que não é do grupo de risco, possa ir fazer as compras necessárias. Tudo é uma questão de usar a consciência, porque é a nossa vida, é a vida da nossa mãe, irmão, esposa, filhos, amigos, só que as pessoas não estão levando isso em consideração e querem que a prefeitura possa trazer a solução sem ter a contribuição de cada um. Isso é extremamente impossível”, desabafou o prefeito.

Ele ainda ressaltou que no mundo não existe mais uma pessoa que não tenha conhecimento do grande risco que é o vírus e quais são as principais medidas e ações que devem ser tomadas com o objetivo de impedir contrair e também de transmitir a doença.

“Mesmo assim, as pessoas não seguem sequer as recomendações. Tudo é questão de bom senso e consciência. E se a gente não usar a situação só tende a piorar, porque este não é um caso que gestor nenhum do mundo resolve, somente a ciência, mas nosso dever e obrigação é amenizar, mas só vamos conseguir se for todos unidos”, ressaltou Naldinho.


Notas

Compra Notebook

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário