03 AGO 2020 | ATUALIZADO 18:30
ESTADO
ANNA PAULA BRITO
03/07/2020 18:13
Atualizado
03/07/2020 18:40

RN perde mais um médico para a Covid-19; É terceiro caso em 48h

A+   A-  
Renê Anisio Rodrigues, de 40 anos, morreu nesta sexta-feira (3), em Natal, após complicações causadas pela doença; No dia 1º já haviam sido registradas as mortes dos pediatras Paulo Matos de Castro e Nivaldo Sereno de Noronha; 9 médicos do RN já perderam a vida para a doença desde o início da pandemia.
Imagem 1 -  RN perde mais um médico para a Covid-19; É terceiro caso em 48h. Renê Anisio Rodrigues, de 40 anos, morreu nesta sexta-feira (3), em Natal, após complicações causadas pela doença; No dia 1º já haviam sido registradas as mortes dos pediatras Paulo Matos de Castro e Nivaldo Sereno de Noronha; 9 médicos do RN já perderam a vida para a doença desde o início da pandemia.
RN perde mais um médico para a Covid-19; É terceiro caso em 48h. Renê Anisio Rodrigues, de 40 anos, morreu nesta sexta-feira (3), em Natal, após complicações causadas pela doença; No dia 1º já haviam sido registradas as mortes dos pediatras Paulo Matos de Castro e Nivaldo Sereno de Noronha; 9 médicos do RN já perderam a vida para a doença desde o início da pandemia.
FOTO: REPRODUÇÃO

O Rio Grande do Norte perde seu terceiro profissional médico, vítima da Covid-19, em um espaço de 48h.

Nesta sexta-feira (3) morreu o médico Renê Anisio Rodrigues, de 40 anos, após complicações causadas pela doença. O médico estava internado em Natal.

Renê é o terceiro médico morto pela Covid-19 no RN só esta semana e o 9º desde o início da pandemia no Estado. Relembre abaixo:

Veja mais:

No RN, 10% dos infectados pelo novo coronavírus são profissionais da Saúde


Paulo Matos de Castro - Pediatra

Paulo morreu no dia 1º de julho, após passar três semanas internado no Hospital da Liga, em Natal.

O médico era pediatra e gastroenterologista e também era professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

O profissional prestou serviços no Hospital Universitário Onofre Lopes por três décadas. Ele estava internado há três semana no Hospital da Liga, em Natal.


Nivaldo Sereno de Noronha - Pediatra e gastroenterologista

Nivaldo Júnior morreu no dia 1º de julho. Eles estava internado na Casa de Saúde São Lucas, em Natal e não resistiu à Covid-19.

Nivaldo Júnior foi presidente da Sociedade Potiguar de Pediatria (Sopern) entre os anos de 2010 e 2016 e desde então passou a atuar como vice-presidente do órgão. Nivaldo atuava na UTI Neonatal do Hospital Santa Catarina.


Samir Assi João - Cirurgião Geral

O médico morreu há 3 dias, no domingo (28). Samir Assi tinha 61 anos e havia se afastado de suas atividades para tratamento da doença no dia 1º de junho.

Além de Cirurgia Geral, Samir Assi João também era professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e atuava no Hospital Giselda Trigueiro, unidade referência em infectologia no estado.


Adelmaro Cavalcanti - Anestesiologista

No dia 18 de junho morreu o médico anestesiologista Adelmaro Cavalcanti, também em Natal. Adelmaro tinha 62 anos e estava internado desde o início do mês no Hospital Promater, na Zona Sul.

Adelmaro Cavalcanti foi secretário de Saúde Pública do Rio Grande do Norte na gestão de Wilma de Faria. O médico também foi candidato a vice-prefeito de Natal, na chapa com Fátima Bezerra em 2004.


João Batista Medeiros Costa - Gastroenterologista

O médico João Batista Medeiros Costa tinha 65 anos e foi a quarta vítima entre os médicos do Rio Grande do Norte.

O médico gastroenterologista também estava internado em Natal, mas não resistiu a doença e morreu no dia 23 de maio.

Além da atuação como médico gastroenterologista, João Batista foi professor de vários cursinhos preparatórios para vestibular em Natal e ainda tenente médico no 16° Batalhão de Infantaria Motorizada do Exército.


Solon Pereira Lopes Ferreira - Clínico Geral

O Clínico Geral morreu no dia 6 de maio, no Hospital da Unimed em João Pessoa-PB. Solon era gerente da Junta Médica do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) na Paraíba, e também trabalhava em Natal e Parnamirim.

Também atuava como emergencista no Hospital Dr. José Pedro Bezerra (Santa Catarina), em Natal.

Ela foi internado em 27 de abril e morreu 10 dias depois. Colegas mais próximos ao médico suspeitaram que ele foi contaminado ao fazer uma intubação traqueal em um paciente.


Élio César Marson - Cirurgião Plástico

Em 16 de abril o RN perdeu o segundo médico vítima da Covid-19. O cirurgião plástico Élio César Marson chegou a passar 15 dias internado em um hospital de Mossoró, mas não resistiu à doença.

Dr. Élio César possuía um clínica de cirurgia plástica em Mossoró e também era médico do Serviço Móvel de Urgência (Samu) da cidade.


Maria Altamira - Proctologista

A primeira vítima da Covid-19 entre os médicos do estado foi a proctologista Maria Altamira, de 71 anos, ela também foi a sétima vítima da doença no estado.

Dra. Altamira morreu no dia 5 de abril, por complicações causadas pela doença. Na época do falecimento da médica ainda não existia transmissão comunitária no estado.

Ela havia voltado de uma viagem para os Estados Unidos, onde provavelmente contraiu a doença. Começou a sentir os sintomas em 21 de março e morreu 15 dias após.


Notas

Convite Missa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário