01 OUT 2020 | ATUALIZADO 18:26
POLÍTICA
11/08/2020 22:09
Atualizado
11/08/2020 22:33

“Estou ouvindo o povo”, diz Salomão, pré-candidatura em Felipe Guerra

A+   A-  
Após contar um pouco de sua história, o pré-candidato Salomão Gomes, destacou que Felipe Guerra viveu um período difícil, mas que a partir de 2013, já na gestão de Haroldo Ferreira, que hoje ele é vice-prefeito, a cidade foi transformada; “Agora é preciso trabalhar para gerar empregos”, diz Salomão
Imagem 1 -  Após contar um pouco de sua história, o pré-candidato Salomão Gomes, destacou que Felipe Guerra viveu um período difícil, mas que a partir de 2013, já na gestão de Haroldo Ferreira, que hoje ele é vice-prefeito, a cidade foi transformada; “Agora é preciso trabalhar para gerar empregos”, diz Salomão
Após contar um pouco de sua história, o pré-candidato Salomão Gomes, destacou que Felipe Guerra viveu um período difícil, mas que a partir de 2013, já na gestão de Haroldo Ferreira, que hoje ele é vice-prefeito, a cidade foi transformada; “Agora é preciso trabalhar para gerar empregos”, diz Salomão

O vice-prefeito Salomão Gomes, pavimenta sua pré-candidatura a prefeito de Felipe Guerra, ouvindo a população. Segundo ele, todos os projetos devem ser elaborados levando em consideração o que o povo precisa. “Somos empregados o eleitor”, diz. 

A entrevista do pré-candidato foi ao vivo (às 20 horas) no Instagram, Facebook e Youtube do Portal Mossoró Hoje, que tem como objetivo permitir que eleitor conheça melhor seus pré-candidatos e também suas intenções para com seus municípios.

Salomão Gomes nasceu e se criou cidade Baixa em Felipe Guerra, durante a juventude, teve que ir morar em Brasília, acompanhar o tratamento de saúde da mãe. Por lá, já graduado em História, fez concurso e se tornou professor de história na capital federal.

Em sua vivência por Brasília, o pré-candidato conta que aprendeu muito sobre o movimento político. Quando retornou em 2008, a convite do então vereador Ubiracy Pascoal, já foi para sair candidato a vereador e poder contribuir com sua terra natal.

Exerceu o cargo de legislador de 2009 a 2012 e foi reeleito em 2012, tendo assumido a Presidência da Câmara Municipal até 2016, quando terminou eleito vice-prefeito acompanhando a campanha do então prefeito Haroldo Ferreira.

Salomão Gomes disse que quando chegou na cidade de Felipe Guerra, retornando de Brasília, a cidade precisava com urgência de administração. Em 2011, após reportagens mostrando que os recursos públicos estavam sendo desviados, ocorreu a Operação Ave de Rapina.

Esta operação produziu provas que terminou levando pra cadeia, tempos depois, o então prefeito Brás Costa. “Haroldo Ferreira foi eleito em 2012 e assumiu no início de 2013, com a missão de reconstruir a cidade de Felipe Guerra e conseguiu”, diz Salomão.


O pré-candidato disse que primeira grande obra do governo Haroldo Ferreira foi de fato a organização da administração do município. As secretárias foram colocadas para funcionar. Depois teve a construção da Estrada do Brejo, importante para várias comunidades.

“Esta estrada do Brejo permite, inclusive, a exploração, para fins turísticos, as cavernas e as cachoeiras. Esta região, segundo Salomão Gomes, precisa passar por um trabalho de estruturação e é missão para o próximo gestor do município.

Já na segunda gestão, Salomão Gomes destaca a construção de uma ponte de acesso à região da Várzea. Este dispositivo vai encurtar o caminho para quem vai para Caraúbas ou Governador Dix Sept Rosado e permite a produção agrícola na região.

Salomão destacou que um dos grandes desvios do próximo gestor de Felipe Guerra é pegar os projetos de saneamento básico, que estão prontos, e bater na porta dos ministérios em Brasília por recursos. E lembra que também merece atenção a questão dos recursos sólidos.

Por fim, o pré-candidato falou sobre a necessidade de gerar empregos para a população.

Reconhece a importância da conclusão da transposição da água de Santa Cruz para a chapada do Apodi como forma de fomentar o crescimento econômico de Felipe Guerra, como destacou o professor Josivan Barbosa, em entrevista ao MOSSORO HOJE, sábado passado.

Revela que já conversou com pelo menos 4 partidos e outros estão em diálogo. “Estamos buscando coligação com aqueles partidos que estão de acordo numa gestão baseada em planejamento para superar a falta de recursos e garantir o direito do cidadão”, diz.

“Não existe segredo para gestão pública. É ser honesto, ter palavra, ouvir o povo e planejar a execução do que é preciso”, diz Salomão Gomes, acrescentando que o próximo gestor terá que bater as portas dos deputados, senadores em Brasília por recursos para os municípios.

Quem desejar participar do projeto CONHECENDO O PRÉ-CANDIDATO pode entrar em contato pelo número 84 99948 9337.

Notas

AME

Outras Notícias

Deixe seu comentário