24 ABR 2024 | ATUALIZADO 18:39
POLÍTICA
07/12/2020 21:45
Atualizado
08/12/2020 09:33

Mossoró está inadimplente para receber recursos do Governo Federal

A+   A-  
Em Brasília, o prefeito eleito Allyson Bezerra bateu na porta dos ministério por recursos para Mossoró; Em Mossoró, a equipe de transição enfrenta dificuldades para ter acesso as informações para planejar o início da gestão; O advogado Raul Santos informar que vai acionar o Ministério Público Estadual contra a gestão de Rosalba Ciarlini, por se protelar a entrega da documentação necessária.
Imagem 1 -  Em Brasília, o prefeito eleito Allyson Bezerra bateu na porta dos ministério por recursos para Mossoró; Em Mossoró, a equipe de transição enfrenta dificuldades para ter acesso as informações para planejar o início da gestão; O advogado Raul Santos informar que vai acionar o Ministério Público Estadual contra a gestão de Rosalba Ciarlini, por se protelar a entrega da documentação necessária.
Em Brasília, o prefeito eleito Allyson Bezerra bateu na porta dos ministério por recursos para Mossoró; Em Mossoró, a equipe de transição enfrenta dificuldades para ter acesso as informações para planejar o início da gestão; O advogado Raul Santos informar que vai acionar o Ministério Público Estadual contra a gestão de Rosalba Ciarlini, por se protelar a entrega da documentação necessária.

O prefeito eleito Allyson Bezerra esteve nesta segunda-feira, 7, visitando os ministérios em Brasília-DF, buscando recursos para investir em Mossoró, em especial na educação e na saúde. 

Ao passar pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, o FNDE, o prefeito eleito foi informado que o município de Mossoró está neste momento impedido de receber recursos federais.

Numa busca rápida para saber as razões, descobriu que a Prefeitura de Mossoró, na gestão Rosalba Ciarlini, deixou de repassar informações ao Governo Federal, o que impede de receber novos recursos.

Devido a este “esquecimento”, o município de Mossoró está inadimplente no Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação.

No sistema do FNDE, consta que Mossoró não entregou o balanço 2020. O novo gestor espera que a pendência seja resolvida o mais rápido possível para que os recursos sejam enviados.

 

Allyson Bezerra, além do FNDE, esteve também no Ministério da Ciência e da Tecnologia, conversando com o ministro Marcos Pontes, que esteve semana passada em Mossoró.

Transição

Em Mossoró, o coordenador da equipe de transição, advogado Raul Santos, informou, via Twitter, que vai acionar a Justiça nesta terça-feira, 8, uma representação junto ao Ministério Público Estadual, em desfavor da prefeita Rosalba Cialini, a quem ele sugere que é antidemocrática e nada republicana.

O motivo da representação já foi antecipado pelo Mossoró Hoje. Em entrevista exclusiva, Raul Santos contou que não recebeu nenhum documento relevante a gestão municipal até o momento e voltou a falar o mesmo nesta segunda-feira, 7, em seu Twitter.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário