26 JAN 2021 | ATUALIZADO 19:38
ESTADO
12/01/2021 16:56
Atualizado
12/01/2021 21:29

Bombeiros registram aumento de 33% no número de salvamentos aquáticos no RN

A+   A-  
De acordo com os dados divulgados pelo Grupamento de Busca e Salvamento do CBMRN, 173 pessoas foram retiradas das águas com vida em 2020. Em 2019, 130 ocorrências desta tipologia foram atendidas; Confira dicas de segurança para evitar afogamentos neste veraneio.
Imagem 1 -  De acordo com os dados divulgados pelo Grupamento de Busca e Salvamento do CBMRN, 173 pessoas foram retiradas das águas com vida em 2020. Em 2019, 130 ocorrências desta tipologia foram atendidas; Confira dicas de segurança para evitar afogamentos neste veraneio.
De acordo com os dados divulgados pelo Grupamento de Busca e Salvamento do CBMRN, 173 pessoas foram retiradas das águas com vida em 2020. Em 2019, 130 ocorrências desta tipologia foram atendidas; Confira dicas de segurança para evitar afogamentos neste veraneio.
FOTO: REPRODUÇÃO

O número de ocorrências atendidas envolvendo salvamento aquático pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) aumentou cerca de 33% no ano passado em relação a 2019.

De acordo com os dados divulgados pelo Grupamento de Busca e Salvamento do CBMRN, 173 pessoas foram retiradas das águas com vida em 2020. Em 2019, 130 ocorrências dessa tipologia foram atendidas.

O relatório estatístico do Corpo de Bombeiros aponta que as maiores incidências ocorreram nas praias do Amor (50), Meio (31), Búzios (23), Forte (22), Redinha (16), Ponta Negra (06), Areia Preta e Tibau do Sul (05).

Além disso, buscando prevenir acidentes no litoral, os bombeiros intensificaram ações de orientações e advertências, em que o guarda-vidas abordam diretamente o banhista para falar sobre os riscos de afogamento e das condutas de segurança pertinente ao local do banho.

Ainda segundo o relatório estatístico, em 2020, 38.536 pessoas foram orientadas e 14.470 advertidas.

Medidas de Prevenção

• Tenha atenção com as crianças;

• Coloque a pulseira de identificação fornecida pelos guarda-vidas;

• Evite ingerir bebidas alcoólicas e alimentos pesados antes de entrar na água;

• Nade longe de pedras;

• Pergunte sempre ao guarda-vidas qual o local mais apropriado e seguro para o banho;

• Certifique-se da profundidade da região em que deseja mergulhar;

• Respeite as instruções dos guarda-vidas e as sinalizações de perigo na praia.

• Caso alguém presencie um afogamento, é só entrar em contato de forma imediata com o Corpo de Bombeiros, através do 193, ou arremessar um objeto flutuante para a vítima até a chegada dos guarda-vidas.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário