27 FEV 2021 | ATUALIZADO 21:06
ESTADO
22/01/2021 15:07
Atualizado
22/01/2021 15:07

Água potável chega a mais de 50 famílias indígenas e não-indígenas de Assú

A+   A-  
A Secretaria Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh/RN) doou um dessalinizador para produzir 500 litros de água potável por hora, permitindo o fornecimento de água para matar a sede da comunidade rural que vive e tira seu sustento do campo. O valor estadual investido, via empréstimo junto ao Banco Mundial, em parceria com o Governo Cidadão, foi de R$ R$ 472 mil e faz parte do Edital de Acesso à Água do Projeto.
Imagem 1 -
FOTO: DIVULGAÇÃO

Mais de 50 famílias indígenas e não-indígenas da zona rural de Assú estão dispondo, pela primeira vez, de água potável. O benefício começou a jorrar na torneira do sistema completo de abastecimento nesta quinta-feira (21).

No local já estavam em operação uma rede adutora, caixa d’água elevada com capacidade de 5 mil litros cúbicos, poço tubular, rede de distribuição e banheiros, uma obra do Governo do RN, por meio do Projeto Governo Cidadão e Banco Mundial, que já beneficiava 52 famílias com água para irrigação de hortaliças e fruteiras e das tarefas domésticas.

O Governo do Estado conseguiu ampliar a ação, incluindo o fornecimento da água potável, graças a uma parceria firmada entre o Projeto e a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh/RN).

Esta, doou um dessalinizador para produzir 500 litros de água potável por hora, permitindo o oferecimento de água para matar a sede da comunidade que vive e tira seu sustento do campo. O valor estadual investido, via empréstimo junto ao Banco Mundial, em parceria com o Governo Cidadão, foi de R$ R$ 472 mil e faz parte do Edital de Acesso à Água do Projeto.

Em nome dos beneficiados com a ação, o indígena e presidente da Associação Comunitária do Caboclo, Adriano Lopes, disse que depender de carro-pipa ou de cisternas é coisa do passado: “Agora temos a garantia de água para beber o ano todo, o que é um alívio para toda a nossa gente”.

Coordenador do Projeto Governo Cidadão e secretário de Projetos e Metas, Fernando Mineiro lembrou que “a gestão da governadora Fátima Bezerra tem priorizado um trabalho integrado entre as secretarias e órgãos para otimizar suas ações e ampliar a qualidade de vida da população potiguar. E foi assim que chegamos a esse resultado em Assú, unindo forças com a Semarh”.

Secretário-adjunto da Secretaria de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Carlos Nobre, lembra que “ter acesso a água limpa e segura é um direito humano essencial para que uma pessoa possa exercer todos os demais direitos. Ver a alegria dos membros dessa comunidade só nos estimula a seguir com nossas ações para reduzir as desigualdades no estado”.

Somente no município de Assú, os investimentos do Governo do RN para acesso à água, via Governo Cidadão, já somam mais de R$ 1,5 milhão.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário