08 MAI 2021 | ATUALIZADO 18:16
POLÍCIA
09/04/2021 20:27
Atualizado
09/04/2021 20:29

Suspeito morto em confronto com a PM nas Malvinas é foragido de Natal

A+   A-  
Bruno Pirado atirou na PM quando estava sendo realizado buscas pelos assaltantes que atiraram na cabeça do cabo PM Francisco Marcolino Sobrinho, o deixando em estado muito grave na UTI do Hospital Regional Tarcísio Maia, nesta quinta-feira, 8
Imagem 1 -  Bruno Pirado atirou na PM quando estava sendo realizado buscas pelos assaltantes que atiraram na cabeça do cabo PM Francisco Marcolino Sobrinho, o deixando em estado muito grave na UTI do Hospital Regional Tarcísio Maia, nesta quinta-feira, 8
Bruno Pirado atirou na PM quando estava sendo realizado buscas pelos assaltantes que atiraram na cabeça do cabo PM Francisco Marcolino Sobrinho, o deixando em estado muito grave na UTI do Hospital Regional Tarcísio Maia, nesta quinta-feira, 8

O suspeito morto em confronto com a Policia Militar durante a madrugada desta sexta-feira, dia 9 de abril de 2021, é um foragido da justiça de Natal-RN.

O corpo foi identificado oficialmente no Instituto Técnico-científico de Perícia, que fez os exames  e recebeu a identificação dos familiares foragido.

Bruno Maurício da Silva, o Bruno Pirado, de 26 anos, estava morando na região do bairro Dom Jaime Câmara (Malvinas), zona leste da cidade de Mossoró.

Os policiais chegaram a casa do foragido quando estavam procurando o piloto da moto que deu fuga ao assaltante que atirou na cabeça do Cabo PM Marcolino.

O ataque ao Cabo PM  Francisco Marcolino Sobrinho ocorreu nas imediações da Clinica Odete Rosado, no bairro Planalto 13 de Maio, nesta quinta-feira, 8.

veja mais

Cabo PM é baleado na cabeça no Planalto 13 de Maio, em Mossoró

Cabo Marcolino é transferido para a UTI do HRTM

A Polícia Militar na mesma noite do ataque ao Cabo Marcolino conseguiu imagens de Câmeras de Segurança mostrando os criminosos fugindo do local do crime.

Passou a procurar suspeitos e, durante a madrugada desta sexta-feira, conseguiu localizar um endereço na região das Malvinas, zona leste da cidade.

Na abordagem, os policiais foram recebidos a tiros e reagiram. Bruno Pirado foi alvejado e não resistiu aos ferimentos. O corpo foi levado para exames no ITEP.

Durante o dia desta sexta-feira, 9, o corpo foi oficialmente identificado no ITEP. Pirado devia está cumprindo pena em regime aberto, usando uma tornozeleira.

No caso, ele rompeu a tornozeleira e fugiu para se esconder em Mossoró, onde terminou reagindo a abordagem policial e sendo morto.

Notas

Posto JP Fevereiro de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário