26 SET 2021 | ATUALIZADO 13:50
MOSSORÓ
ANNA PAULA BRITO
14/09/2021 09:27
Atualizado
14/09/2021 14:43

Mossoró abre vacinação contra a Covid-19 para adolescentes com 17 anos+ sem comorbidades

A+   A-  
Por meio de sua conta oficial no Instagram, o Prefeito Allyson Bezerra anunciou o início da vacinação para este público. Os adolescentes que estão nessa faixa etária devem se dirigir ao Ginásio do Sesi. A vacinação segue até as 16h. A aplicação das doses também segue apenas adolescentes com 12 anos ou mais que possuem algum tipo de comorbidade.
Imagem 1 -  Mossoró abre vacinação contra a Covid-19 para adolescentes com 17 anos+ sem comorbidades. Por meio de sua conta oficial no Instagram, o Prefeito Allyson Bezerra anunciou o início da vacinação para este público. Os adolescentes que estão nessa faixa etária devem se dirigir ao Ginásio do Sesi. A vacinação segue até as 16h. A aplicação das doses também segue apenas adolescentes com 12 anos ou mais que possuem algum tipo de comorbidade.
Mossoró abre vacinação contra a Covid-19 para adolescentes com 17 anos+ sem comorbidades. Por meio de sua conta oficial no Instagram, o Prefeito Allyson Bezerra anunciou o início da vacinação para este público. Os adolescentes que estão nessa faixa etária devem se dirigir ao Ginásio do Sesi. A vacinação segue até as 16h. A aplicação das doses também segue apenas adolescentes com 12 anos ou mais que possuem algum tipo de comorbidade.
FOTO: ALLAN PHABLO

O prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra, anunciou, na manhã desta terça-feira (14), o início da vacinação contra a Covid-19 para adolescentes de 17 anos ou mais, sem comorbidades.

Aqueles que estão dentro dessa faixa etária já podem se dirigir ao Ginásio do Sesi. A vacinação acontece das 8h às 16h.

Atualmente, Mossoró segue vacinando o público adulto, de qualquer idade, que ainda não recebeu nenhuma dose dos imunizantes, bem como aqueles que atingiram o prazo para tomar a segunda dose.

Também segue a vacinação para os adolescentes que estão com 12 anos ou mais e que possuem algum tipo de comorbidade.


SEGUNDA DOSE DA ASTRAZENECA

Atualmente, apenas a D2 da vacina Oxford/Astrazeneca está suspensa no município, devido a falta de doses. O problema de desabastecimento do imunizante é nacional e a prefeitura aguarda a chegada de novas doses para continuar a aplicação.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), responsável pela produção nacional deste imunizante, informou que, a partir desta terça-feira (14), está previsto o início da liberação de novos lotes, que estão na etapa de controle de qualidade, para as entregas da semana.

Os quantitativos e as datas de entrega serão informados à medida em que ocorrerem as liberações.


Notas

Posto JP - Maio de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário