22 JAN 2022 | ATUALIZADO 23:18
ESTADO
30/11/2021 17:10
Atualizado
30/11/2021 17:10

Caern inicia nova campanha de negociação de débitos nesta quarta-feira, 1º

A+   A-  
A campanha vai até o dia 10 de janeiro e abrange os débitos anteriores a setembro de 2021. O cliente pode aproveitar as vantagens para colocar em dia suas contas, mesmo nos casos em que a cobrança já esteja sendo feita pela via judicial. A nova campanha irá conceder até 100% de desconto sobre os juros e multa em caso de pagamento total do débito; veja outras condições de descontos.
Imagem 1 -
FOTO: ANNA PAULA BRITO

A Caern inicia nesta quarta-feira (1), mais uma etapa de campanha de negociação de débitos para facilitar a vida dos clientes que têm débitos em atraso. Com condições favoráveis e opções de parcelamento da dívida, os consumidores poderão ficar em dia com a companhia, pagando de acordo com suas possibilidades econômicas.

A campanha vai até o dia 10 de janeiro e abrange os débitos anteriores a setembro de 2021. O cliente pode aproveitar as vantagens para colocar em dia suas contas, mesmo nos casos em que a cobrança já esteja sendo feita pela via judicial.

Para o pagamento do débito total à vista, serão concedidos descontos de 100% sobre os juros de mora e das multas por impontualidade. Também será concedido desconto de 50% sobre multas regulamentares por infração e consumos acumulados atrasados decorrentes da constatação de fraudes ou irregularidades.

Para os parcelamentos, a entrada deve ser de pelo menos 5% do total da dívida, com o saldo podendo ser parcelado em até 48 vezes, desde que o valor da parcela seja, no mínimo, 50% do valor médio da fatura do imóvel.

O cliente também pode incluir débitos negociados anteriormente e ainda não saldados, mas neste caso, a entrada deve ser de no mínimo 10% do total do débito.

Os clientes interessados podem fazer o acordo por vários canais, sejam os virtuais ou os escritórios de atendimento (mediante agendamento prévio). Pelos canais de atendimento da Caern, também é possível negociar as faturas com o cartão de crédito, sem entrada, com isenção de juros e multas, em até 24 vezes e com parcela mínima de R$ 5.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário