23 MAI 2022 | ATUALIZADO 14:50
VARIEDADES
ANNA PAULA BRITO
06/01/2022 11:55
Atualizado
06/01/2022 11:58

“Tô muito feliz por ter conseguido minha prótese”, diz Andreza Silva

A+   A-  
Nesta quinta-feira (6) Andreza entrou em contato com a equipe do MOSSORÓ HOJE para externar seu agradecimento a Émerson Augusto, um dos sócios da loja Doce Lar, em Mossoró. Andreza contou que logo após a matéria sobre a vaquinha virtual que ela estava fazendo para conseguir a prótese para voltar a andar, foi procurada pelo empresário, que doou o valor total para aquisição do item e deu toda a assistência que ela precisava para obtê-lo. “Que ele tenha um 2022 abençoado e que Deus dê muitos anos de vida a ele, pra ele possa continuar realizando sonhos de pessoas que não têm condições”, disse.
Imagem 1 -
FOTO: CEDIDA

Nesta quinta-feira (6) o MOSSORÓ HOJE foi procurado por Andreza Silva, que teve uma das pernas amputadas no dia 11 de agosto de 2021, após ter sido esmagada por um caminhão, na BR-304, em Assu.

Dessa vez, Andreza queria compartilhar a alegria em já estar em processo de reabilitação, utilizando a prótese que ganhou. Segundo ela, o presente veio do empresário Émerson Augusto, um dos sócios da loja Doce Lar, de Mossoró.

Ela conta que foi contactada por Emerson, que havia lido a história dela no Mossoró Hoje e ficou sensibilizado com a situação. Na época, em novembro de 2021, Andreza fazia um apelo para conseguir arrecadar R$5.930,00 para adquirir a prótese que a ajudaria a voltar a andar.

Veja mais:

Andreza Silva pede ajuda para adquirir prótese e voltar a andar; item custa R$ 5.930


Segundo ela, o empresário informou que ela poderia mandar fazer a prótese que ele pagaria o valor total. E assim ele fez.

Andreza diz que queria decidiu agradecer ao Emerson no mesmo local que levou a notícia até ele, para que todo mundo soubesse do coração generoso que ele tem.

Ela explica que este foi um grande presente em sua vida e que a partir de agora, vai poder seguir seu caminho sem ficar 100% dependente de outras pessoas.

Diz que, assim que possível, vai procurar um emprego condizente com sua deficiência, pois sempre foi uma pessoa ativa, que gosta de trabalhar e que Emerson proporcionou isso a ela, poder voltar às suas atividades normais.

 “Que ele tenha um 2022 abençoado e que Deus dê muitos anos de vida a ele, pra ele possa continuar realizando sonhos de pessoas que não têm condições”, disse Andreza.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário