22 ABR 2024 | ATUALIZADO 16:57
POLÍCIA
ANNA PAULA BRITO
08/03/2022 12:31
Atualizado
08/03/2022 16:47

DHM elucida homicídio ocorrido no Clube da Caixa de Mossoró em janeiro

A+   A-  
De acordo com informações divulgadas nesta terça-feira (8) pelo delegado Rafael Arraes, titular da Delegacia de Homicídios de Mossoró, Wesley Borges da Silva foi o responsável pela morte de Ítalo Gabriel Rodrigues Nunes, de 26 anos, no dia 30 de janeiro de 2022. A motivação do crime não está totalmente esclarecida, mas as investigações apontam para uma rixa entre facções rivais, estando a vítima em local errado no momento do crime. O suspeito está foragido e a Polícia Civil pede o envio de informações que possam ajudar a localizá-lo.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO/FIM DA LINHA

A Delegacia de Homicídios de Mossoró, que tem a frente o delegado Rafael Arraes, concluiu o inquérito sobre o homicídio de Ítalo Gabriel Rodrigues Nunes, de 26 anos, no dia 30 de janeiro de 2022, no Clube da Caixa, em Mossoró.

De acordo com as investigações, o crime foi cometido por Wesley Borges da Silva. Gabriel estava na companhia de amigos quando foi surpreendido e morto com disparos de arma de fogo.

Na época, Wesley chegou a prestar depoimento, mas foi liberado. Ele negou o fato. Disse que foi ao local com um primo que trabalha como motorista de aplicativo e que estava no local para encontrar uma “paquera”.

No entanto, as investigações apontaram que o álibi dele não condizia com as provas. Ele não soube informar o nome e nem o endereço desse primo, apenas um apelido, bem como não sabia nome ou contato da suposta “paquera”. Além disso, foi visto deixando o local após o crime em uma motocicleta.

A DHM segue investigando para descobrir se houve envolvimento de uma segunda pessoa, que teria dado apoio na fuga do suspeito.

A motivação do crime não está totalmente esclarecida, mas as investigações apontam para uma rixa entre facções rivais, estando a vítima em local errado no momento do crime.

Wesley Borges da Silva encontra-se foragido e a Polícia Civil pede a população que quem souber informações que possam ajudar a capturá-lo, que entre em contato pelo 181, com garantia de anonimato da fonte.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário