26 JUN 2022 | ATUALIZADO 12:59
SAÚDE
24/05/2022 17:47
Atualizado
24/05/2022 17:47

Governo do RN vai realizar nas escolas ações de estímulo à vacinação de crianças

A+   A-  
O Projeto Minha Escola Nota 10 foi lançado, por meio de uma parceria entre as secretarias estaduais de saúde pública (Sesap) e educação (SEEC), nesta terça-feira (24). A ação visa ampliar a cobertura vacinal de crianças e adolescentes. "Precisamos avançar nessa vacinação dos menores de idade e essa ação é primordial na nossa estratégia. As escolas estão em todas as comunidades do estado, próximas às famílias, por isso são o foco desse trabalho", afirmou o secretário de Estado da Saúde Pública, Cipriano Maia.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte lançou nesta terça-feira (24) o projeto Minha Escola Nota 10, com o objetivo de ampliar a cobertura vacinal de crianças e adolescentes.

A ação é uma parceria entre as secretarias estaduais de saúde pública (Sesap) e educação (SEEC) para levar orientações aos pais e responsáveis sobre a importância da imunização, além de promover a vacinação no âmbito escolar.

O objetivo é, entre maio e julho, realizar ações de estímulo e sensibilização nas comunidades escolares.

"Precisamos avançar nessa vacinação dos menores de idade e essa ação é primordial na nossa estratégia. As escolas estão em todas as comunidades do estado, próximas às famílias, por isso são o foco desse trabalho", afirmou o secretário de Estado da Saúde Pública, Cipriano Maia.

Entre as vacinas do calendário infantil em idade escolar estão os reforços da DTP (difteria, tétano e coqueluche) e poliomielite, tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba), influenza, febre amarela, HPV, hepatite e Covid-19.

A cada ano as coberturas vacinais vem caindo em todo o Brasil, o que acaba aumentando o risco de surtos e da introdução de doenças até então erradicadas, como o sarampo.

"Essa conscientização é responsabilidade de todos. Temos a obrigação de desconstruir essa campanha contra as vacinas, pois é uma questão de defesa da vida. A SEEC está sempre pronta a atuar de forma conjunta", ressaltou Magnólia Morais, coordenadora de Órgãos Regionais de Educação da SEEC.

De acordo com o Programa Estadual de Imunizações da Sesap, entre os principais problemas para a baixa cobertura vacinal estão a falsa sensação de segurança, dificuldades no acesso aos serviços de saúde (horário, fichas, filas), fake news e medo de reação adversa.

"As escolas tem essa condição de melhorar o acesso das crianças a esse benefício de proteção, onde os pais estão sobrecarregados e não tem condições de levar os filhos até a vacinação, que é acima de tudo uma proteção coletiva", comentou a promotora de Justiça Rosane Pessoa Moreno.

O Minha Escola Nota 10 conta ainda com a parceria do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems-RN) e a União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-RN) para efetivar as ações.

"Temos aqui uma equipe conjunta que vai fazer tudo dar certo. Precisamos realmente de ações que venham a tirar essa referência só dos postos de saúde. Uma Escola Nota 10 para dar qualidade de vida completa às crianças é dever nosso", disse Maria Eliza Garcia, presidente do Cosems-RN.

"O programa vem em uma hora muito oportuna. Precisamos desse esforço, incluindo todos os atores, para atingir cada menino e menina diretamente nas suas localidades", completou Joaria Vieira, da Undime-RN.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário