12 AGO 2022 | ATUALIZADO 15:37
ECONOMIA
02/06/2022 10:27
Atualizado
02/06/2022 10:28

Cervejaria de Mossoró lança bebidas com sabores de frutas nativas do RN

A+   A-  
As cervejas artesanais Anacardia e Cajanas, tiveram seu pré-lançamento na noite desta quarta-feira (1º), com presença da Governadora Fátima Bezerra. Os nomes Anacardia (cerveja de caju, tipo Blond Ale) e Cajanas (cerveja de cajarana, tipo Lager), são associados aos nomes científicos das frutas adaptadas ao clima semiárido. Produzidas pela Cervejaria Bacurim em parceria com o Governo do Estado, através da Sedraf, com insumos da agricultura familiar de cooperados ligados à Rede Xique-xique e Unicafes-RN, as cervejas possibilitam novas receitas para frutas tipicamente nordestinas, para além dos vários alimentos, doces, compotas e geleias.
Imagem 1 -
FOTO: ELISA ELSIE

A ideia de produzir uma cerveja que valoriza a produção das frutas nativas do Rio Grande do Norte pela agricultura familiar deu origem a dois tipos de cervejas: Anacardia e Cajanas.

O pré-lançamento aconteceu na noite desta quarta-feira (01), na Cervejaria Bacurim, em Mossoró (RN), com a presença da governadora Fátima Bezerra.

“Temos trabalhado para o fortalecimento da agricultura familiar em nosso Estado através da implementação de políticas públicas para incentivar e valorizar a produção. E esta iniciativa hoje contribui não só para a divulgação do cultivo dessas frutas em nosso Estado, como para abrir novos mercados para os produtores familiares”, afirmou a governadora Fátima Bezerra.

Os nomes Anacardia (cerveja de caju, tipo Blond Ale) e Cajanas (cerveja de cajarana, tipo Lager), são associados aos nomes científicos das frutas adaptadas ao clima semiárido.

Produzidas pela Cervejaria Bacurim em parceria com o Governo do Estado, através da Sedraf, com insumos da agricultura familiar de cooperados ligados à Rede Xique-xique e Unicafes-RN (União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária), as cervejas possibilitam novas receitas para frutas tipicamente nordestinas, para além dos vários alimentos, doces, compotas e geleias.

Para o secretário estadual do Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf), Alexandre Lima, as novas cervejas são a prova de que a agricultura familiar deve ser agregada ao dia a dia das pessoas.

“Mais uma iniciativa importante, que demarca o avanço da agricultura familiar no contexto econômico do Rio Grande do Norte e é mais um segmento, mais um nicho de mercado, que a agricultura familiar pode ocupar cada vez mais”, avaliou.

“É importante cada vez mais estar mostrando à sociedade que a agricultura familiar existe e resisti no seminário brasileiro”, enfatizou Neneide Lima, da Rede Xique-xique.

O lançamento oficial das cervejas acontece na I Feira Nordestina da Agricultura Familiar e Economia Solidária - Fenafes, que será realizada no período de 15 a 19 de junho de 2022, no Centro de Convenções de Natal (RN).

Acompanharam a governadora Fátima Bezerra, os secretários de Comunicação, Daniel Cabral, de Infraestrutura, Gustavo Coelho, a secretária adjunta do Gabinete Civil, Socorro Batista, além da deputada estadual Isolda Dantas, o pró-reitor de extensão da UERN, Esdras Marchezan, o diretor do Sindipetro-RN, Pedro Lúcio.

SOBRE A PRODUÇÃO

A Cervejaria Bacurim está instalada em Mossoró, região Oeste do RN. A produção começou em casa, no ano de 2014, e a partir de 2018 se profissionalizou. Hoje, o processo envolve de 5 a 6 pessoas diretamente.

Para as novas cervejas, serão utilizados a polpa de cajarana e o mel de caju para produção das bebidas, servidas como chopp.

Segundo o proprietário da Bacurim, Gilberto Carvalho, trata-se de um projeto-piloto. “Inicialmente, para o lançamento, serão produzidos 500 litros, sendo 250 litros para cada sabor” Para ele, “se cair no gosto do povo, é permanecer com essa produção e expandir”.

FEIRA DA AGRICULTURA FAMILIAR

A I FENAFES – realizada pelo Governo do Estado Rio Grande do Norte e a União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária do RN – UNICAFES, será voltada ao fomento e à valorização da agricultura familiar nordestina.

A iniciativa partiu da Câmara Temática da Agricultura Familiar, ligada ao Consórcio Nordeste, acompanhada pela governadora Fátima Bezerra, liderança também à frente da Câmara Temática da Assistência Social.

O evento está sendo executado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar - Sedraf, em parceria com Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural – Emater-RN, e Fundação José Augusto.

Conta com financiamento no valor de R$ 640 mil pelo projeto Governo Cidadão, via acordo de empréstimo com o Banco Mundial, além do patrocínio apoio de outros entes parceiros.

Aclamada como “A Grande Festa da Colheita”, o objetivo central da FENAFES é fortalecer iniciativas de integração de políticas públicas em torno do Programa de Alimentos Saudáveis do Nordeste – PAS/NE, principal bandeira dos estados que fazem o Consórcio Nordeste.

Além de criar um espaço de intercâmbio das experiências sobre políticas públicas de apoio à agricultura familiar já em curso na região, envolvendo governos e movimentos sociais, o objetivo é fortalecer o cooperativismo solidário e o processo de comercialização, através de rodada de negócios, para o mercado institucional e privado.

Durante a feira, serão realizados eventos de formação, palestras, oficinas e cursos sobre as temáticas centrais: acesso à terra; sistemas agroalimentares e produção de alimentos saudáveis.


Notas

UNP 27 de junho de 2022

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário