19 JUN 2024 | ATUALIZADO 09:17
POLÍTICA
05/09/2022 16:43
Atualizado
05/09/2022 16:48

Lawrence: "Vencemos a perseguição política contra nossa candidatura"

A+   A-  
A decisão do TRE parecer favorável do procurador Rodrigo Teles: “Não merece prosperar a pretensão impugnativa sob análise. Para assim concluir, são desnecessárias maiores delongas”, afirmou o procurador. Lawrence foi acusado injustamente de não ter saído da presidência da Fundação Aldenor Nogueira no prazo previsto na Legislação. "A decisão mostra que tudo isso não passava de uma perseguição política de pessoas que tentaram nos derrubar. Mas, somos fortes e de cabeça erguida. Vamos continuar assim até o dia da nossa vitória", comentou Lawrence Amorim.
Imagem 1 -  A decisão do TRE parecer favorável do procurador Rodrigo Teles: “Não merece prosperar a pretensão impugnativa sob análise. Para assim concluir, são desnecessárias maiores delongas”, afirmou o procurador.  Lawrence foi acusado injustamente de não ter saído da presidência da Fundação Aldenor Nogueira no prazo previsto na Legislação.  "A decisão mostra que tudo isso não passava de uma perseguição política de pessoas que tentaram nos derrubar. Mas, somos fortes e de cabeça erguida. Vamos continuar assim até o dia da nossa vitória", comentou Lawrence Amorim.
A decisão do TRE parecer favorável do procurador Rodrigo Teles: “Não merece prosperar a pretensão impugnativa sob análise. Para assim concluir, são desnecessárias maiores delongas”, afirmou o procurador. Lawrence foi acusado injustamente de não ter saído da presidência da Fundação Aldenor Nogueira no prazo previsto na Legislação. "A decisão mostra que tudo isso não passava de uma perseguição política de pessoas que tentaram nos derrubar. Mas, somos fortes e de cabeça erguida. Vamos continuar assim até o dia da nossa vitória", comentou Lawrence Amorim.

A Justiça Eleitoral aprovou o registro de candidatura de Lawrence Amorim para deputado federal. Em votação unânime, o candidato do prefeito Allyson Bezerra teve a decisão confirmada na tarde desta segunda-feira (5).

O plenário do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN) rejeitou a Ação de Impugnação de Registro de Candidatura (AIRC) sob o número 0600521-60.2022.6.20.0000, protocolada por Marcos Fábio, candidato a deputado estadual pelo Avante.

Na última quarta-feira (31), o procurador regional eleitoral, Rodrigo Telles, emitiu parecer contra os argumentos de Marcos Fábio. O procurador considerou sem fundamento as razões apresentadas por Marcos Fábio, de que Lawrence estaria inelegível por não ter se desincompatibilizado no prazo previsto na Legislação Eleitoral da função de presidente da Fundação Pública Vereador Aldenor Nogueira, vinculada à Câmara de Mossoró.

"A decisão mostra que tudo isso não passava de uma perseguição política de pessoas que tentaram nos derrubar. Mas, somos fortes e de cabeça erguida. Vamos continuar assim até o dia da nossa vitória", comentou Lawrence Amorim.

“Não merece prosperar a pretensão impugnativa sob análise. Para assim concluir, são desnecessárias maiores delongas”, afirmou o procurador Rodrigo Telles no parecer acatado pela Justiça.

O procurador afirmou que Lawrence apresentou a documentação no prazo estabelecido, 28 de março de 2022, e que dois dias depois uma assembleia geral foi realizada para a escolha do novo presidente da instituição. "Agora peço o empenho de todos para gente fazer mais. Estou feliz, animado e com muito mais vontade de trabalhar", disse Lawrence.

Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário