23 JUL 2024 | ATUALIZADO 18:32
CONCURSOS
24/02/2023 10:29
Atualizado
24/02/2023 10:29

Inscrições no concurso do TJRN começam em 6 de março; remunerações chegam a R$ 7.301,18

A+   A-  
As inscrições estarão abertas no período de 06 de março de 2023 a 06 de abril de 2023 e poderão ser realizadas por meio do site da FGV, banca responsável pelo certame. O concurso do TJRN contemplará 160 vagas para o cargo de Técnico Judiciário; 32 para Analista Judiciário (nível superior) e 2 para oficial de Justiça. São previstas ainda 35 para Analista Judiciário – Apoio Especializado – Tecnologia de Informação, divididas da seguinte forma: 25 na área de Análise de Sistemas; 5 para Análise de Sistemas (Inteligência Artificial) e 5 para Análise de Suporte; confira os editais
Imagem 1 -  Inscrições no concurso do TJRN começam em 6 de março; remunerações chegam a R$ 7.301,18. As inscrições estarão abertas no período de 06 de março de 2023 a 06 de abril de 2023 e poderão ser realizadas por meio do site da FGV, banca responsável pelo certame. O concurso do TJRN contemplará 160 vagas para o cargo de Técnico Judiciário; 32 para Analista Judiciário (nível superior) e 2 para oficial de Justiça. São previstas ainda 35 para Analista Judiciário – Apoio Especializado – Tecnologia de Informação, divididas da seguinte forma: 25 na área de Análise de Sistemas; 5 para Análise de Sistemas (Inteligência Artificial) e 5 para Análise de Suporte; confira os editais
Inscrições no concurso do TJRN começam em 6 de março; remunerações chegam a R$ 7.301,18. As inscrições estarão abertas no período de 06 de março de 2023 a 06 de abril de 2023 e poderão ser realizadas por meio do site da FGV, banca responsável pelo certame. O concurso do TJRN contemplará 160 vagas para o cargo de Técnico Judiciário; 32 para Analista Judiciário (nível superior) e 2 para oficial de Justiça. São previstas ainda 35 para Analista Judiciário – Apoio Especializado – Tecnologia de Informação, divididas da seguinte forma: 25 na área de Análise de Sistemas; 5 para Análise de Sistemas (Inteligência Artificial) e 5 para Análise de Suporte; confira os editais
FOTO: REPRODUÇÃO

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte publicou, na edição do Diário da Justiça Eletrônico desta quinta-feira (23), os três editais de abertura do Concurso Público para provimento de 229 vagas para servidor do Poder Judiciário potiguar, com as respectivas normas para sua realização.

As inscrições para o Concurso Público estarão abertas no período de 06 de março de 2023 a 06 de abril de 2023. Para efetuar sua inscrição, o interessado deverá acessar, via Internet, o endereço eletrônico https://conhecimento.fgv.br/concursos/tjrn2023.

A taxa de inscrição varia de acordo com o cargo pretendido e deve ser conferida em cada uma dos editais.

Acesse os documentos abaixo:

Edital-n-01-2023.pdf

Edital-n-02-2023.pdf

Edital-n-03-2023.pdf


Os editais também podem ser acessados na página da Fundação Getúlio Vargas (FGV), banca organizadora do certame.

O concurso do TJRN contemplará 160 vagas para o cargo de Técnico Judiciário; 32 para Analista Judiciário (nível superior) e 2 para Oficial de Justiça.

São previstas ainda 35 para Analista Judiciário – Apoio Especializado – Tecnologia de Informação, divididas da seguinte forma: 25 na área de Análise de Sistemas; 5 para Análise de Sistemas (Inteligência Artificial) e 5 para Análise de Suporte.

As remunerações também variam entre R$ 3.974,08 a R$ 7.301,18, a depender do cargo desejado. Para todos os cargos, será acrescido o valor de R$1.700,00, referente ao auxílio alimentação, além de valores referentes ao auxílio de assistência à saúde, de acordo com a faixa etária do servidor público.

Além das vagas previstas nos editais, haverá formação de cadastro de reserva de acordo com o disposto nestes regramentos.

O concurso será realizado duas décadas após o último certame de acesso à carreira do serviço público da instituição judiciária. Os novos servidores ingressarão sob a égide do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), aprovado em lei pela Assembleia Legislativa em 21 de junho de 2022. O plano substituiu a Lei Complementar Estadual nº 242/2002.

Com o concurso público, a visão predominante é reforçar o quadro profissional da instituição na área da Tecnologia da Informação; suprir a falta de pessoal em unidades de primeira instância no interior; e a necessidade de implantação de uma nova política de gestão de pessoas, para garantir a excelência na prestação de serviço aos cidadãos.


Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário