24 JUN 2024 | ATUALIZADO 17:13
POLÍCIA
07/06/2024 15:42
Atualizado
07/06/2024 15:42

Polícia prende suspeito de um homicídio ocorrido há uma semana, em Caraúbas

A+   A-  
A prisão, do homem de 27 anos, aconteceu nesta quinta-feira (6), no bairro Leandro Bezerra. Ele é suspeito de matar com golpes de cutelo, Antônio Nero Tosa, de 48 anos, no dia 31 de maio. A vítima dormia em uma calçada, em frente à praça da cidade, quando foi surpreendida pelo assassino. Ainda segundo a polícia civil, o homem já é réu em outras ações penais por crime de homicídio e organização criminosa.
Imagem 1 -  Polícia prende suspeito de um homicídio ocorrido há uma semana, em Caraúbas. A prisão, do homem de 27 anos, aconteceu nesta quinta-feira (6), no bairro Leandro Bezerra. Ele é suspeito de matar com golpes de cutelo, Antônio Nero Tosa, de 48 anos, no dia 31 de maio. A vítima dormia em uma calçada, em frente à praça da cidade, quando foi surpreendida pelo assassino. Ainda segundo a polícia civil, o homem já é réu em outras ações penais por crime de homicídio e organização criminosa.
Polícia prende suspeito de um homicídio ocorrido há uma semana, em Caraúbas. A prisão, do homem de 27 anos, aconteceu nesta quinta-feira (6), no bairro Leandro Bezerra. Ele é suspeito de matar com golpes de cutelo, Antônio Nero Tosa, de 48 anos, no dia 31 de maio. A vítima dormia em uma calçada, em frente à praça da cidade, quando foi surpreendida pelo assassino. Ainda segundo a polícia civil, o homem já é réu em outras ações penais por crime de homicídio e organização criminosa.

Policiais civis de Caraúbas, com o apoio da equipe da delegacia de Patu, prendeu, nesta quinta-feira (6), um homem de 27 anos, suspeito de matar Antônio Nero Tosa, de 48 anos. O crime aconteceu no dia 31 de maio.

A prisão aconteceu na Rua Antônio Gomes de Melo, bairro Leandro Bezerra, também em Caraúbas. Na ocasião, os policiais também cumpriram um mandado de busca e apreensão domiciliar na residência do investigado.

De acordo com as investigações, no dia do crime, Antônio Nero dormia na calçada, em frente à praça da cidade, quando foi cruelmente assassinado. No momento do crime, o suspeito, armado com um facão tipo cutelo, desferiu vários golpes contra a cabeça da vítima.

Segundo a polícia civil, as diligências foram iniciadas ainda no dia do crime, com apoio de informações repassadas pela população, chegando a identificação do suspeito, que já é réu em outras ações penais por crime de homicídio e organização criminosa.

Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão domiciliar na residência do suspeito, os policiais encontraram roupas que teriam sido utilizadas no momento do homicídio, fortalecendo as evidências contra o acusado.

Em ação rápida, foi representada ao Poder Judiciário a prisão temporária e a busca e apreensão domiciliar, cumpridas logo após aprovação.

O suspeito foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.


Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário