02 MAR 2024 | ATUALIZADO 23:52

TRAGÉDIA EM BRUMADINHO

  Area devastada na região de Brumadinho, em Minhas Gerais, pelo rompimento da barragem da Vale do Rio Doce, que teve R$ 5 bilhões bloqueados pela Justiça para pagar pelos danos
Tragédia em Brumadinho: Número de mortes chega a 34 e 356 ainda estão desaparecidas

26/01/2019 23:18

Até o momento, foram resgatadas 366 pessoas, sendo 221 funcionários da Vale e 145 terceirizados. Desse total, 23 estão hospitalizados. Oito já foram oficialmente identificados; Buscas foram suspensas às 20 horas e serão retomadas às 4 horas deste domingo, 27

Justiça de Minas Gerais bloqueia R$ 5 bilhões da Vale do Rio Doce

26/01/2019 11:00

“Há um desastre humano e ambiental a exigir a destinação de recursos materiais para imediato e efetivo amparo às vítimas e redução das consequências”, destacou o magistrado Renan Chaves Carreira Machado na sentença

Vale informa que mais de 400 servidores não fizeram contato: Bombeiros confirmam 9 mortes

26/01/2019 10:35

De acordo com a empresa, a lista está sendo atualizada constantemente, conforme as pessoas são localizadas. “Se o seu nome está na lista, favor entrar em contato com a nossa ouvidoria para comunicar”. O telefone para atendimento é o 0800 821 500

  Uma foto que circula e é compartilhada na internet está sendo atribuída ao desastre da barragem de Brumadinho. Na verdade, a imagem é de uma pessoa resgatada em 2011 pelos bombeiros de Pato de Minas
Foto compartilhada na internet não é do desastre na barragem em Brumadinho, em Minas

26/01/2019 10:27

MOSSORÓ HOJE checou e se trata de uma pessoa resgatada em 2011 pelos bombeiros de Patos de Minas. Um homem de 48 anos foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros de Patos de Minas, na Região do Alto Paranaíba, em Minas Gerais, após queda em uma cisterna de 17 metros

  Destruição gigantesca causada pelo rompimento da Barragem de Contenção de Rejeitos da Vale do Rio Doce, em Brumadinho, Minas Gerais
[OPINIÃO] "Brasil acima de tudo" e traição a pátria com privatizações

26/01/2019 09:25

Tragédias como a de Mariana e agora em Brumadinho mostram que privatizar as reservas naturais do Brasil é um ato de traição a pátria, muito distante de medida de desenvolvimento do Brasil. Figura mais como traição a pátria, ao contrário do falso discurso "Brasil acima de tudo"


Notas

Tekton

Publicidades