18 JAN 2019 | ATUALIZADO 23:51
ECONOMIA

"A conta de energia subirá 17%", diz Fátima sobre privatização da Eletrobras

A senadora Fátima Bezerra disse que estudos da Aneel mostram que com a privatização a conta de energia terá um aumento e não redução como promete o governo federal.
Da redação
07/11/2017 06:18
Atualizado
13/12/2018 03:34
A+   A-  
"A conta de energia subirá 17%", diz Fátima sobre privatização da Eletrobras
Nesta segunda-feira, 6, o presidente Michel Temer acertou com ministros que enviará ao Congresso Nacional a proposta de privatização da Eletrobras por meio de um projeto de lei.  O projeto deve ser enviado na quinta-feira, 9.

A senadora Fátima Bezerra se pronunciou sobre o assunto e disse que a privatização da companhia tratrá prejuízos. 

Segundo ela, estudos da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mostram que a conta de energia subirá 17%. 

"Essa ação representará um ataque à soberania. A Eletrobras é a maior empresa de energia elétrica da América Latina. Na década de 90 foram tomadas iniciativas privativistas. Essas ações diminuíram o papel da empresa e elevou os preços da energia", disse Fátima.

De acordo com o portal G1, na reunião de Temer com os ministros ficou acertado que o projeto de lei terá um compromisso de verba para o São Francisco para tentar quebrar a resistência da "bancada da Chesf".

O programa acertado prevê a recuperação do rio São Franciso por 30 anos, sendo R$ 350 milhões nos primeiros 15 anos, segundo o governo.

O ministro de Minas e Energia Fernando Coelho Filho disse que além do dinheiro para a União, parte dos recursos irão abater encargos setoriais. "Isso fará com que o consumidor pague menos", enfatizou.

Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário