18 JAN 2019 | ATUALIZADO 23:51
ESTADO

Exames de laboratório confirmam que mulher de 57 anos morreu de H1N1 em Caicó

Secretaria Municipal de Saúde informa que já foi comunicada e está repondo estoques do medicamento Tamiflu, usado para conter o H1N1, e os servidores que tiveram contato com a paciente estão em observação
Da redação
14/05/2018 10:44
Atualizado
13/12/2018 09:57
A+   A-  
Exames de laboratório confirmam que mulher de 57 anos morreu de H1N1 em Caicó
Google Maps
O Laboratório Central (LACEM) confirmou que uma senhora de 57 anos que morreu no dia 10 passado no Hospital Regional de Caicó estava infectada com H1N1. O fato já foi comunicado oficialmente a Secretaria Municipal de Saúde e principalmente a direção geral do hospital, para adotar medidas protetivas aos servidores.

A princípio, o blog de Sidney Silva foi informado que os servidores que tiveram contato direto com a paciente que faleceu vão ser submetidos a prolifaxias. A coordendora de Saúde de Caicó, Lizy Carol, informou que o município de Caicó está se preparando, repondo estoques das unidades de saúde com Tamiflu.

Quanto as demais regiões do Estado, não se tem ao certo se já tem casos confirmados de mortes por H1N1. O dia "D" da campanha nacional de vacinação contra H1N1 aconteceu no sábado, 12. Vacinação segue até 1º de junho.
 

Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário