13 ABR 2021 | ATUALIZADO 18:12
ESTADO
06/04/2021 17:17
Atualizado
06/04/2021 17:19

Souza defende necessidade de iniciar imunização de pessoas com comorbidades

A+   A-  
Nesta terça-feira (6) o deputado defendeu a prioridade da vacina para as pessoas com doenças preexistentes, por entender que é preciso defender a vida principalmente dos mais suscetíveis à ação do vírus. “São pessoas que quando contraem o vírus sofrem efeitos muito mais perigosos”, disse o parlamentar. Souza lembrou que essas pessoas incluídas no grupo de prioridades deverão ser vacinadas tão logo seja concluída a imunização em pessoas na faixa etária de 60 anos e mais.
Imagem 1 -
FOTO: EDUARDO MAIA

Nesta terça-feira (6), na sessão remota da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, os deputados debateram sobre a seca no estado e a campanha de imunização contra a Covid-19.

O Deputado Souza (PSB) defendeu a prioridade da vacina para as pessoas com doenças preexistentes, por entender que é preciso defender a vida principalmente dos mais suscetíveis à ação do vírus.

Souza levantou o que ele chamou de ‘reflexão’, ao tratar sobre a necessidade de ampliação da vacinação.

“A gente não pode esquecer que há um grupo numeroso que está no Plano Nacional de Imunização”, disse o deputado, referindo-se a portadores de comorbidades como diabetes, doenças renais, cardíacas, câncer e pessoas obesas.

“São pessoas que quando contraem o vírus sofrem efeitos muito mais perigosos”, disse o parlamentar. Souza lembrou que essas pessoas incluídas no grupo de prioridades deverão ser vacinadas tão logo seja concluída a imunização em pessoas na faixa etária de 60 anos e mais.

No mesmo sentido, o deputado Ubaldo Fernandes (PL) apontou a redução de internamentos por parte de idosos no contexto da pandemia no estado.

Ele afirmou que ainda não tem como atribuir à vacinação contra Covid-19, mas que há esperança nos efeitos da imunização.

“Precisamos comemorar”, disse o parlamentar, referindo-se à diminuição de idosos afetados pelo vírus.

No entanto, Ubaldo se mostrou preocupado em relação aos jovens que vêm sendo as recentes vítimas da Covid. O parlamentar fez um alerta para a ampliação dos grupos prioritários na campanha de vacinação.


Notas

Posto JP Fevereiro de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário