08 MAI 2021 | ATUALIZADO 18:16
POLÍCIA
10/04/2021 12:27
Atualizado
11/04/2021 06:13

"As operações seguem ininterruptas", diz comandante do 12 BPM de Mossoró

A+   A-  
Durante a noite desta sexta-feira, 9, o foragido de justiça Eufranklim de Araújo Xavier, conhecido por Cachorro Louco, de 29 anos, foi retirado de dentro de casa por cinco homens fortemente armados e executado a tiros; A PM conseguiu apreender 36 kg de drogas, uma arma e prender 4 suspeitos nas últimas 48 horas de trabalho.
Imagem 1 -  Durante a noite desta sexta-feira, 9, o foragido de justiça Eufranklim de Araújo Xavier, conhecido por Cachorro Louco, de 29 anos, foi retirado de dentro de casa por cinco homens fortemente armados e executado a tiros; A PM conseguiu apreender 36 kg de drogas, uma arma e prender 4 suspeitos nas últimas 48 horas de trabalho.
Durante a noite desta sexta-feira, 9, o foragido de justiça Eufranklim de Araújo Xavier, conhecido por Cachorro Louco, de 29 anos, foi retirado de dentro de casa por cinco homens fortemente armados e executado a tiros; A PM conseguiu apreender 36 kg de drogas, uma arma e prender 4 suspeitos nas últimas 48 horas de trabalho.
Cedida

A Polícia Militar reforçou o patrulhamento na região leste da cidade de Mossoró após uma série de ataques a tiros que deixou pelo menos 3 mortos esta semana, tendo conseguido apreender 36 kg de drogas e armas de fogo. "As operações seguem ininterruptas", confirma Emerson, comandante do 12 BPM, responsável pelo patrulhamento na região.

O último ataque aconteceu na noite desta sexta-feira/sábado, dia 10. Eufranklim de Araújo Xavier, conhecido por Cachorro Louco, de 29 anos, foi executado a tiros.

A Polícia Militar recebeu informações anônimas de que 5 homens fortemente armados, trafegando num carro branco, o retiraram de dentro de casa e o executaram.

Cachorro Louco era considerado foragido da Justiça, onde responde por tráfico de drogas e porte ilegal de armas de fogo. Ele teria rompido a tornozeleira eletrônica.

O corpo de Cachorro Louco foi removido para exames na sede do ITEP. A equipe de plantão da Policia Civil esteve no local fazendo os primeiros levantamentos.

O caso deve ser investigado pela Divisão de Homicídios de Mossoró, que têm centenas de outros casos de crimes contra a vida para investigar e remeter a Justiça.

Veja mais

Foragido de Justiça de Natal morre em confronto com a PM em Mossoró

Adolescente toma carro de assalto, capota e morre

Homem desaparecido é encontrado morto na região das Malvinas

O comandante Emerson, do 12º Batalhão de Policia Militar, responsável pelo trabalho de policiamento preventivo na região leste da cidade de Mossoró, está com várias equipes patrulhando nos bairros Dom Jaime Câmara, alcançando também os conjuntos Jardim das Palmeiras, Odete Rosado, Geraldo Melo e a região do Alto da Pelonha.


Durante a madrugada de sexta-feira, dia 9, os policiais apreenderam 36kg de drogas no conjunto Jardim das Palmeiras. Com a droga, a PM conduziu para a delegacia de plantão Ítalo Felipe da Silva Bezerra e Alexsandro Batista da Silva.

"A Rocam 02 em patrulhamento pelas Malvinas /Jardim das palmeiras, ao avistar um casal em atitude suspeita em uma Pop preta, na qual o garupa colocou a mão na cintura, desobedecendo a ordem de parada. E ao ser revistado foi encontrada uma PT638 com carregador. Os dois foram conduzidos para a DP de Plantão", acrescenta o comandante.


 Dando continuidades às operações na área do 12° BPM, a ROCAM juntamente com o DS04 e equipes do 2° DPRE e CIPAM realizaram abordagem dentro da favela do velho (Malvinas), e prenderam casal que vendia drogas.

Quem tiver informações que possa contribuir com o trabalho da PM no combate ao crime deve ligar no número 190 e informar.


Notas

Posto JP Fevereiro de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário