13 ABR 2024 | ATUALIZADO 13:43
MUNDO
Da redação
31/10/2015 10:01
Atualizado
13/12/2018 00:13

Estado Islâmico diz ter abatido avião russo com 224 pessoas

A+   A-  
A imprensa internacional diz haver especulações sobre possível envolvimento de radicais islâmicos no acidente.
Imagem 1 -  Estado Islâmico diz ter abatido avião russo com 224 pessoas

O grupo terrorista Estado Islâmico divulgou por meio de um aplicativo de mensagem que teria sido responsável pela queda do avião russo que caiu no Egito neste sábado matando 224 pessoas.

A aeronave da companhia KogalimAvia, conhecida como Metrojet, perdeu contato com os radares 23 minutos após a decolagem, quando sobrevoava a cidade de Larnaka, segundo um porta-voz de Rosaviatsia, a agência de Aviação Civil da Rússia.

A autoridade de aviação civil do Egito confirmou que destroços do avião foram localizados numa área montanhosa na região de Hassana, ao sul da cidade de Arish, norte do Sinai.

A imprensa internacional diz haver especulações sobre possível envolvimento de radicais islâmicos no acidente, já que a região do Sinai conta com uma rede ativa de militantes aliados ao grupo extremista.

O serviço de rastreamento de voos em tempo real Flight Radar 24 informou que a aeronave perdeu altitude de forma muito rápida - cerca de 1.500 metros por minuto antes de sumir dos radares.

Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário