16 MAI 2022 | ATUALIZADO 18:20
ESTADO
20/01/2022 16:20
Atualizado
20/01/2022 16:21

Emparn prevê chuvas acima do normal para o próximo trimestre no RN

A+   A-  
O resultado foi divulgado nesta quinta-feira (20) durante a reunião que contou com a participação da equipe da Empresa de Pesquisa do Rio Grande do Norte (Emparn) e de diversos pesquisadores e especialistas de centros estaduais de meteorologia do Nordeste e outras instituições. Para a região do semiárido do Rio Grande do Norte, o prognóstico é de volumes de normal a acima do normal.
Imagem 1 -

A Reunião de Análise e Previsão Climática para o Norte do Nordeste do Brasil, coordenada pela Fundação Cearense de Meteorologia (FUNCEME), apontou que o cenário para chuvas durante período de fevereiro a abril de 2022 no Norte do Nordeste brasileiro se mostra favorável. Para a região do semiárido do Rio Grande do Norte, o prognóstico é de volumes de normal a acima do normal.

O resultado foi divulgado nesta quinta-feira (20) durante a reunião que contou com a participação da equipe da Empresa de Pesquisa do Rio Grande do Norte (Emparn) e de diversos pesquisadores e especialistas de centros estaduais de meteorologia do Nordeste e outras instituições.

“A atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZTCI) associada ao esfriamento das águas do oceano Pacífico (Lã Niña) são algumas das condições meteorológicas que se apresentam favoráveis para a ocorrência de chuvas no RN no próximo trimestre”, disse o chefe da unidade de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot.

A temperatura das águas superficiais dos oceanos Atlântico e Pacífico, a condição dos ventos alísios de sudeste e o deslocamento da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) sobre a região foram alguns dos parâmetros que os pesquisadores avaliaram durante a reunião virtual realizada na última quarta-feira (19).

O Monitor da Seca, do mês de dezembro/21, publicado pela Agência Nacional de Águas (ANA) em janeiro, registrou o recuo da área da seca grave no norte do estado, devido ao aumento das chuvas no mês. “Desde dezembro estamos observando uma boa distribuição das precipitações tanto em volume como em espaço territorial no RN refletindo inclusive na área da seca no estado”, comentou Bristot.

Em 2021, o Rio Grande do Norte registrou chuvas abaixo do esperado na maior parte do seu território. “Somente a região do Alto Oeste registrou volumes positivos que variaram entre 800 e 1000 milímetros, em 2021. No restante do RN, a média foi abaixo de 600mm”, comentou.

A Reunião de Análise e Previsão Climática para o semiárido potiguar, para apresentar a previsão para o período do inverno no interior, que ocorre de março à maio, está programada para a segunda quinzena de fevereiro.

Previsão para o trimestre fevereiro, março e abril de 2022 - chuva mínima esperada:

REGIÃO OESTE
Fevereiro - 116,5mm
Março - 197,5mm
Abril - 180,2mm

REGIÃO CENTRAL
Fevereiro - 93,2mm
Março - 155,1mm
Abril - 150,2mm

REGIÃO AGRESTE
Fevereiro - 69,6mm
Março - 119,2mm
Abril - 133,0mm

REGIÃO LESTE
Fevereiro - 92,2mm
Março - 166,9mm
Abril - 195,8mm

Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário