12 AGO 2022 | ATUALIZADO 15:37
SAÚDE
24/06/2022 11:46
Atualizado
24/06/2022 11:46

Sem fila, solicitações por cirurgias ginecológicas estão sendo prontamente encaminhadas

A+   A-  
A Prefeitura Municipal de Mossoró zerou na última quarta-feira (15) a fila de cirurgias ginecológicas existente no município há cerca de seis anos. Mais de 400 procedimentos foram realizados no período de 1º de outubro de 2021 até aquela data. Máxima Milliane, gerente executiva da Central de Regulação de Mossoró, explicou que não há mais espera para as mulheres realizarem a cirurgia. Segundo ela, entre a solicitação e a consulta pré-cirúrgica, o pedido é realizado em poucos dias.
Imagem 1 -
FOTO: WILSOM MORENO

Com o término da fila de espera de mulheres aguardando por uma cirurgia ginecológica em Mossoró, a Central de Regulação da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) está encaminhando prontamente as mulheres que solicitam o procedimento cirúrgico.

A Prefeitura Municipal de Mossoró zerou na última quarta-feira (15) a fila de cirurgias ginecológicas existente no município há cerca de seis anos. Mais de 400 procedimentos foram realizados no período de 1º de outubro de 2021 até aquela data.

Máxima Milliane, gerente executiva da Central de Regulação de Mossoró, explicou que não há mais espera para as mulheres realizarem a cirurgia. Segundo ela, entre a solicitação e a consulta pré-cirúrgica, o pedido é realizado em poucos dias.

“Atualmente as mulheres podem se dirigir à Central de Regulação para dar entrada e prontamente são encaminhadas para fazer a consulta pré-cirúrgica. Não há mais demora. Essa medida é de fundamental importância para a saúde da mulher”, disse Máxima que informou que nos últimos dias 19 mulheres deram entrada na solicitação para realizar a cirurgia.

“Diariamente recebemos várias mulheres solicitando o serviço. Atualmente temos 19 delas que deram entrada no pedido e provavelmente na próxima semana elas começarão a ser encaminhadas para o médico, sendo que a principal cirurgia ginecológica solicitada é a histerectomia”, disse.

Paralisadas na gestão anterior, as cirurgias ginecológicas foram retomadas pela gestão municipal em 2021, realizando procedimentos de mulheres que aguardavam cerca de seis anos para fazer a cirurgia. Na fila havia mulheres que esperavam para fazer o procedimento desde 2015.


Notas

UNP 27 de junho de 2022

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário