25 JUL 2024 | ATUALIZADO 18:39
POLÍCIA
ANNA PAULA BRITO
25/11/2022 08:49
Atualizado
25/11/2022 08:52

Vigilante é assassinado a tiros enquanto trabalhava em posto do Nova Betânia

A+   A-  
O crime aconteceu por volta das 22h20, em um posto localizado no cruzamento da Av. João da Escóssia com a Rua Deocleciano Venceslau da Paixão. A vítima foi identificada como Kerginaldo Carlos de Oliveira, de 29 anos. De acordo com o Delegado plantonista Renato Oliveira, uma testemunha que estava no local informou que o disparo foi feito por um cunhado da vítima, que fugiu do local em seguida. A testemunha foi conduzida para prestar depoimento na delegacia. A motivação do crime é desconhecida. O nome do suspeito de autoria não foi divulgado, para não atrapalhar as investigações.
Imagem 1 -  Vigilante é assassinado a tiros enquanto trabalhava em posto do Nova Betânia. O crime aconteceu por volta das 22h20, em um posto localizado no cruzamento da Av. João da Escóssia com a Rua Deocleciano Venceslau da Paixão. A vítima foi identificada como Kerginaldo Carlos de Oliveira, de 29 anos. De acordo com o Delegado plantonista Renato Oliveira, uma testemunha que estava no local informou que o disparo foi feito por um cunhado da vítima, que fugiu do local em seguida. A testemunha foi conduzida para prestar depoimento na delegacia. A motivação do crime é desconhecida. O nome do suspeito de autoria não foi divulgado, para não atrapalhar as investigações.
Vigilante é assassinado a tiros enquanto trabalhava em posto do Nova Betânia. O crime aconteceu por volta das 22h20, em um posto localizado no cruzamento da Av. João da Escóssia com a Rua Deocleciano Venceslau da Paixão. A vítima foi identificada como Kerginaldo Carlos de Oliveira, de 29 anos. De acordo com o Delegado plantonista Renato Oliveira, uma testemunha que estava no local informou que o disparo foi feito por um cunhado da vítima, que fugiu do local em seguida. A testemunha foi conduzida para prestar depoimento na delegacia. A motivação do crime é desconhecida. O nome do suspeito de autoria não foi divulgado, para não atrapalhar as investigações.
FOTO: O CÂMERA

Por volta das 22h20 desta quinta-feira (24), a Polícia Militar de Mossoró registrou o terceiro crime de homicídio ocorrido no dia. O primeiro caso aconteceu no início da tarde, nas Malvinas, onde uma pessoa foi morta e outras 4 ficaram feridas. Pouco tempo depois, um adolescente foi assassinado em via pública, no Ouro Negro.

A última ocorrência aconteceu em um posto de combustíveis, localizado no cruzamento da Av. João da Escóssia com a Rua Deocleciano Venceslau da Paixão, no bairro Nova Betânia.

A vítima foi identificada como Kerginaldo Carlos de Oliveira, de 29 anos. Ele trabalhava no local no momento do crime.

Segundo o Delegado plantonista Renato Oliveira, uma testemunha que estava no local informou que o disparo foi feito por um cunhado da vítima, que fugiu do local em seguida. Kerginaldo foi atingido com um disparo na região do quadril e não resistiu ao ferimento.

A testemunha foi conduzida para prestar depoimento na delegacia. Apesar de a autoria estar, praticamente, confirmada, a motivação do crime é desconhecida. O nome do suspeito não foi divulgado, para não atrapalhar as investigações.

O corpo da vítima foi removido para exames na sede do Itep e, em seguida, será liberado para sepultamento.


Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário