21 JUL 2024 | ATUALIZADO 13:56
POLÍCIA
14/06/2024 11:41
Atualizado
14/06/2024 11:44

Vandalismo provoca suspensão de abastecimento em Baraúna e mais 4 comunidades

A+   A-  
Além da zona urbana do município, foram afetadas as comunidades Juremal, Vertentes, Campestre e Primavera, na manhã desta sexta-feira (14). A Caern informou que o poço que abastece as localidades foi danificado por vândalos que levaram componentes elétricos que garantiam o funcionamento do sistema de água. A previsão é retomar o envio de água até o início da noite de domingo (16).
Imagem 1 -  Vandalismo provoca suspensão de abastecimento em Baraúna e mais 4 comunidades. Além da zona urbana do município, foram afetadas as comunidades Juremal, Vertentes, Campestre e Primavera, na manhã desta sexta-feira (14). A Caern informou que o poço que abastece as localidades foi danificado por vândalos que levaram componentes elétricos que garantiam o funcionamento do sistema de água. A previsão é retomar o envio de água até o início da noite de domingo (16).
Vandalismo provoca suspensão de abastecimento em Baraúna e mais 4 comunidades. Além da zona urbana do município, foram afetadas as comunidades Juremal, Vertentes, Campestre e Primavera, na manhã desta sexta-feira (14). A Caern informou que o poço que abastece as localidades foi danificado por vândalos que levaram componentes elétricos que garantiam o funcionamento do sistema de água. A previsão é retomar o envio de água até o início da noite de domingo (16).

A cidade de Baraúna e as comunidades de Juremal, Vertentes, Campestre e Primavera tiveram o abastecimento suspenso na manhã desta sexta-feira (14).

A Caern informou que o poço que abastece as localidades foi danificado por vândalos que levaram componentes elétricos que garantiam o funcionamento do sistema de água.

A previsão da Companhia é retomar o envio de água até o início da noite de domingo (16). A normalização do abastecimento ocorre em até 48 horas, após o sistema ser religado.

A Caern registrou Boletim de Ocorrência e vai trabalhar em conjunto com a polícia nas investigações. Um trabalho para identificar material furtado semelhante ao retirado em Baraúna está ocorrendo em todo o Estado, denominado de “Operação Sucata”.

As forças de segurança estão atuando e a recomendação é que a população contribua com denúncias anônimas pelo telefone 181.


Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário